Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    30 de Agosto de 2022 postado por Renato Campos

    nba_declaracao_de_jeanie_buss_resume_a_bagunca_que_o_lakers_se_encontra

    Jeanie Buss parece bastante confusa.

    Depois da presidenta do Lakers não mencionar Westbrook nos planos do time para a próxima temporada em entrevista para a revista GQ americana, ela simplesmente o classificou como o "melhor jogador do Lakers" na última temporada para o jornalista Sam Amick do The Athletic.

    "Tudo o que posso dizer é que, do meu ponto de vista, Westbrook foi nosso melhor jogador no ano passado. Ele jogou praticamente todos os jogos, esteve presente, trabalhou duro. Você sabe, eu adoraria ter visto o que seria esse time se todos estivessem saudáveis. É muito difícil vencer quando Anthony Davis não está em quadra. LeBron se machucou muito na temporada. Mas Russ esteve em todos os jogos e atuou duro todas as noites. E , você sabe, eu realmente o aprecio por quem ele é e pelo que ele traz para a equipe."

    Buss esclareceu seus comentários quando Amick entrou em contato via mensagem depois da entrevista, dizendo: "A palavra que eu deveria ter usado era 'consistente'. Ele jogou 78 jogos na temporada passada."

    O Lakers adquiriu Westbrook do Washington Wizards em agosto passado em uma troca de cinco equipes que incluiu Kyle Kuzma, Montrezl Harrell e Kentavious Caldwell-Pope, formando um Big 3 com Lebron e Davis.

    Não parecia na época que era um tiro no escuro para o trio ter sucesso, já que Westbrook é nove vezes All-Star, duas vezes cestinha da liga, uma vez MVP da NBA e provavelmente futuro Hall da Fama.

    Além disso, ele foi extremamente produtivo durante sua única temporada com Washington, com médias de 22,2 pontos, 11,7 assistências e 11,5 rebotes por jogo, tendo por quatro vezes em cinco anos uma média de triplo-duplo.

    As estatísticas de Westbrook com o Lakers foram decentes, com médias de 18,5 pontos, 7,4 rebotes e 7,1 assistências, mas ele acertou apenas 44,4% de seus arremessos e 29,8% de bolas de três pontos.

    A disponibilidade foi o maior trunfo de Westbrook em 2021-22, pois ele perdeu apenas quatro jogos, enquanto LeBron e AD estavam frequentemente na geladeira.

    LeBron perdeu 26 jogos e Davis 42 jogos, o que significa que Westbrook era a única estrela do time por muitas vezes e o Lakers precisava que ele atuasse no nível que ele fez durante seu auge com o Oklahoma City Thunder.

    Isso estava longe de ser o caso, e como o time não tinha profundidade, não teve poder de fogo suficiente para vencer sem LeBron ou Davis.

    Como resultado, o Lakers terminou a temporada com uma campanha de 33-49 e ficou de fora dos playoffs, um ano após a saída da pós-temporada na primeira rodada e dois anos depois de vencer o campeonato da NBA.

    A saúde de LeBron e Davis provavelmente será a maior chave para o sucesso do Lakers durante a próxima temporada, mas se ainda continuar por Los Angeles, Westbrook vai precisar melhorar e muito para ser realmente considerado o melhor jogador do time.

    Fala aí!

    Lakers Brasil: Desde 2006, tudo sobre o Los Angeles Lakers

    • Facebook
    • Instagram
    • Twitter