Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    16 de Agosto de 2022 postado por Renato Campos

    nba_ex-jogador_detona_forma_como_lebron_e_davis_lidaram_com_westbrook

    Embora Westbrook tenha recebido a maior parte das críticas pela péssima temporada do Lakers no ano passado, há uma minoria que acredita que LeBron e Davis são os maiores culpados. O ex-jogador da NBA Stephon Marbury acha que Westbrook pode jogar seu estilo de jogo se LeBron e Davis modificarem os seus.

    Durante o podcast de Ryen Russillo, Marbury criticou LeBron e Davis, que ele afirma não terem adaptado seu estilo para se adequar ao de Westbrook. Marbury culpou LeBron e Davis por aparentemente não aproveitaram o quão dominante Westbrook pode ser depois de todos os seus anos na liga.

    “Os melhores jogadores devem fazer os ajustes. Você precisa permitir que Russell seja capaz de fazer o que ele faz... LeBron e Davis, esses caras sabem quem Russell Westbrook era antes de chegar aqui. Você não pode ser um jogador de basquete tão inteligente e não saber quem você está pegando.”

    Stephon Marbury defendeu Russell Westbrook

    Por um lado, os comentários de Marbury até fazem sentido. O Lakers parecia não saber como lidar com Westbrook, que precisava da bola em suas mãos para ser eficaz e foi considerado um péssimo arremessador durante suas melhores temporadas. Todo mundo já sabia disso.

    Por outro lado, LeBron e Davis foram os dois melhores jogadores de uma equipe campeã em Los Angeles. Por que eles deveriam se sacrificar para acomodar Westbrook em vez de Russ assumir um papel mais ativo e eficaz como uma terceira estrela?

    Se Russ continuar no Lakers, a chave para finalmente aproveitar o melhor do seu jogo, é o próprio Russ se tornando melhor sem a bola nas mãos. Ham tem uma grande tarefa pela frente quando se trata de garantir que Westbrook melhore, já que dezenas de treinadores tentaram e falharam em fazer a mesma coisa.

    Lakers dá a Russell Westbrook uma missão difícil de ser cumprida

    Você vai concordar que Russell Westbrook tem uma grande carreira na NBA, e não há dúvida de que ele acabará se aposentando como jogador do Hall da Fama. Ele fez seu nome principalmente atuando no Thunder ao lado de Kevin Durant e James Harden.

    Apesar de suas inúmeras habilidades, uma das fraquezas de Russell Westbrook ao longo de sua carreira foi o arremesso de três pontos.

    Recentemente, um report de Chris Haynes do Yahoo Sports revelou que o Lakers espera que a porcentagem de três pontos da zona morta de Russell Westbrook aumente na próxima temporada. Realmente seria muito benéfico para a equipe se Russell Westbrook conseguisse melhorar sua eficiência nos seus arremessos. Mas cá entre nós, essa é uma missão que dificilmente Russ vai conseguir cumrpir caso continue em Los Angeles.

    Parte da razão pela qual ele se encaixou mal ao lado de LeBron James e Anthony Davis se deve ao fato de ele não ser uma ameaça com seus arremessos.

    Há uma grande chance de que Russell Westbrook seja negociado pela equipe antes do início da temporada. Essa parece ser uma opção realista para o Lakers, e talvez a gente nunca saiba se ele realmente poderia arruamar seu arremesso no Lakers.

    Lakers negociou troca com três equipes por Russell Westbrook

    Quando se trata de Russell Westbrook, os times que mais são ligados ao jogador são o Brooklyn Nets e o Indiana Pacers. Porém, um outro cenário que surgiu é de um acordo com o Utah Jazz.

    Lakers, Jazz e Knicks conversaram sobre um negociação entre as três equipes que incluiria Donovan Mitchell e Westbrook, de acordo com Michael Scotto, do HoopsHype.

    "O cenário de troca de três equipes proposto incluía Westbrook indo para Utah e passando por um buyout. Utah enviaria Donovan Mitchell para o Knicks, e uma combinação de dois jogadores, incluindo Patrick Beverley e Jordan Clarkson. Com Bojan Bogdanovic ou Malik Beasley para o Lakers, e o Jazz receberia uma compensação significativa por escolha de draft do Knicks e Lakers. O Knicks também teria que se separar de veteranos, como Derrick Rose, para ajudar a fazer os salários funcionarem."

    Na teoria, tudo faz muito sentido. Knicks e Lakers podem juntar escolhas de draft suficientes para satisfazer o Jazz enquanto trocam Mitchell e Westbrook como as duas principais peças salariais do esquema.

    Se o Lakers trouxesse Patrick Beverley, seria uma aquisição interessante, considerando sua história com o Lakers como antagonista. Ao mesmo tempo, Beverley declarou abertamente seu desejo de jogar com LeBron e os Lakers.

    Agora, qual dos outros três restantes o Lakers desejaria não está claro. Também não está claro se apenas dois desses jogadores seriam suficientes, embora isso dependa também do número de escolhas de draft que o Lakers teria que incluir. Jordan Clarkson obviamente tem história em Los Angeles e jogando com LeBron, mas Bojan Bogdanovic ajudaria muito a falta de arremesso do time, assim como Malik Beasley.

    Quando comparado a ofertas por Kyrie Irving ou Buddy Hield e Myles Turner, essa parece ser uma terceira opção mais distante. Porém, em uma offseason em que existem poucas opções para negociar Westbrook, é necessário explorar todas elas.

    Por enquanto, é improvável que o Lakers esteja operando com muito senso de urgência, já que seu Plano A continua sendo adquirir Irving. Somente quando uma troca por Irving se tornar uma impossibilidade clara, o Lakers seguirá em frente.

    Fala aí!