Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    31 de Agosto de 2022 postado por Renato Campos

    nba_lakers_pode_trocar_por_ala_do_knicks_nos_proximos_dias

    [adgoogle][/adgoogle]

    O Lakers tem interesse no ala do Knicks, Cam Reddish, segundo o jornalista Marc Berman, do New York Post.

    O rumor chega no momento em que o Knicks ainda estaria "esperançoso" em conseguir uma negociação por Donovan Mitchell do Jazz por meio de uma troca. O plano do Knicks ainda pode acontecer, mesmo com a diretoria tendo extendido o contrato de RJ Barrett por mais quatro anos.

    Por outro lado, o Jazz estaria interessado em quatro escolhas de primeira rodada desprotegidas, segundo Berman, mas o Knicks estaria disposto a oferecer apenas duas no momento.

    E é aí que entra o Lakers com suas duas escolhas de primeira rodada dos drafts de 2027 e 2029.

    Reddish foi selecionado na décima escolha do draft de 2019 pelo Atlanta Hawks depois de jogar uma temporada em Duke. O ala teve uma média de 10,5 pontos, 3,2 rebotes e 1,3 assistências em 24,9 minutos por jogo ao longo de sua carreira de três anos. O Hawks negociou o jogador com o Knicks em janeiro.

    O interesse do Lakers por Reddish já foi reportado antes, com Michael A. Scotto, do HoopsHype, afirmando que a diretoria discutiu adquiri-lo em um acordo durante o prazo final de trocas passado com três equipes, que também incluiria o Knicks e Raptors. A negociação foi a seguinte:

    Fontes: Lakers, Knicks e Raptors discutiram uma troca de 3 equipes.

    O Lakers recebe Cam Reddish e Alec Burks.

    Knicks recebe Goran Dragic e escolhas de draft.

    Raptors recebe Talen Horton-Tucker e Nerlens Noel.

    [adgoogle][/adgoogle]

    Há também uma chance de Kendrick Nunn ser adicionado ao negócio à medida que as negociações continuam.

    Como todos sabem, o acordo nunca se concretizou, mas Fred Katz, do The Athletic, relatou que não acredita que Reddish estará na rotação na noite de estreia do Knicks se todos estiverem saudáveis. Reddish pode estar disponível para o Lakers mais uma vez, especialmente se as negociações por Mitchell esquentarem.

    Por enquanto, Reddish continua sendo um Knick, Mitchell ainda é membro do Jazz e o Lakers está mantendo suas escolhas de primeira rodada de 2027 e 2029. No entanto, veremos se as negociações avançam, à medida que o training camp se aproxima e a temporada regular tem seu início marcado para 18 de outubro.

    [mediabr][/mediabr]

    Russell Westbrook pode ficar de fora da NBA se for trocado pelo Lakers?

    Pode até soar exagerado realmente, mas a situação de Russell Westbrook pela liga pode ser bastante complicada caso o Lakers realmente encontre um parceiro de troca.

    Faltando pouco menos de um mês para o início do training camp, o Lakers continua seus esforços para trocar Russell Westbrook.

    Uma troca por Kyrie Irving é praticamente inviável neste momento, embora alguns dentro do Lakers ainda acreditem que o armador do Nets ainda vai jogar em Los Angeles na próxima temporada.

    Há rumores de que uma troca de Westbrook para Indiana renderia ao Lakers a dupla Buddy Hield e Myles Turner, dois jogadores que poderiam ajudar o time imediatamente.

    Qualquer equipe que negociar por Westbrook provavelmente vai em seguida dispensar o jogador por meio de buyout, o que levanta a questão de saber se outra equipe o contrataria posteriormente.

    O analista Bill Simmons do The Ringer, acha que nesse cenário, a carreira de Westbrook na NBA estaria encerrada.

    Via Lakers Daily:

    “Simmons fez uma avaliação em seu podcast, observando que Westbrook não é adequado nem para uma equipe em reconstrução nem para um candidato ao título.

    “‘Se essa troca acontecer… acho que ele está fora da liga’, disse Simmons. — Não estou dizendo isso do jeito de Skip Bayless. Eu só acho que ele é o tipo raro de cara em que, se você é um time em reconstrução ou um time que visa a loteria do draft, por que você o traria? Tudo o que ele vai fazer é tentar jogar 40 minutos por jogo e colocar estatísticas e torná-lo mais competitivo.'

    “Se você é um time de playoffs, não consigo pensar em um time ao qual ele seria um aditivo. Ele não vai querer começar os jogos do banco.'”

    [adgoogle][/adgoogle]

    Esse cenário sem dúvida seria um final triste para um jogador que não muito tempo atrás era considerado de elite na NBA.

    Antes da temporada passada, Westbrook tinha uma média de triplo-duplo em quatro das cinco temporadas, uma conquista verdadeiramente fenomenal, e ele está prestes a se tornar um membro do Hall da Fama.

    No entanto, sua incapacidade de ajustar seu jogo à medida que envelheceu ou de se adaptar a um time como o Lakers, onde ele não era o melhor jogador, acabará sendo sua maior falha na carreira.

    [mediabr][/mediabr]

    Fala aí!