Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    22 de Agosto de 2022 postado por Renato Campos

    nba_lebron_james_recebe_novo_convite_para_jogar_na_nfl

    No fim de semana, LeBron James participou do "The CrawsOver Pro-Am Game" em Seattle, e embora a partida tenha sido interrompida no segundo período, ele fez algumas boas jogadas para a grande multidão que estava presente.

    O Seattle Seahawks da NFL aproveitou a deixa de que o jogador estava na cidade, e lembrou que ele ainda tem uma oferta para se juntar ao time.

    Quando LeBron estava no ensino médio em Akron, Ohio, ele não era apenas um grande jogador de basquete, ele também era um jogador de futebol americano de muita qualidade. Ele jogou na posição de wide receiver para St. Vincent–St. Mary's High School, e ele até foi recrutado para praticar o esporte pela Universidade de Notre Dame.

    Muitos sempre se perguntaram como LeBron teria se saído na NFL. Na verdade, ele afirma que o Seahawks o convidou para um teste durante o lockdown da NBA de 2011.

    Já pensou?

    O que LeBron James exigiu ao assinar um novo contrato com o Lakers

    O Lakers e LeBron James concordaram com uma extensão de contrato, no valor de US$ 97,1 milhões por dois anos. O acordo mantém o jogador sob contrato com o time pelo menos até a temporada 2023-24. LeBron tem uma opção de jogador em 2024-25. Sua extensão naquele momento, vai valer até US$ 111 milhões ao longo de dois anos com base nos aumentos do teto salarial, segundo o jornalista Shams Charania.

    LeBron, que completará 38 anos em dezembro, foi limitado a uma extensão de dois anos por causa da “regra de mais de 38 anos” da CBA. Ele não pode ser negociado na próxima temporada. A extensão faz de LeBron o jogador mais bem pago da história da NBA, com US$ 532 milhões em dinheiro garantido na carreira.

    A extensão de LeBron foi até certo ponto inesperada em tão pouco tempo, já que ele poderia aceitar até o dia 30 de junho de 2023, antes se tornar um agente livre em julho próximo.

    LeBron provocou especulações durante o All-Star 2022, quando disse ao The Athletic que "a porta não estava fechada" sobre a possibilidade de ele retornar a Cleveland para jogar pelo Cavs. A extensão fecha a porta para essa opção – pelo menos até 2024, a mesma offseason em que o filho de LeBron, Bronny, é elegível para ser selecionado por uma equipe da NBA.

    LeBron teria pedido melhoras no elenco e Kyrie em Los Angeles

    De acordo com o último artigo do jornalista Jovan Buha do The Athletic, LeBron teria entrado em acordo com o Lakers após pedir melhoras no elenco e reforçou que a diretoria negociasse com o seu ex-companheiro de Cavs, Kyrie Irving.

    "Pessoas ligadas ao Lakers estavam confiantes de que LeBron assinaria uma extensão, considerando o quanto ele gostou de jogar pelo time e morar em Los Angeles. O principal ponto da decisão foi por conta do jogador continuar irredutível de que o Lakers ainda precisa melhorar o elenco atual e negociar pelo armador Kyrie Irving, segundo fontes ao The Athletic." Jovan Buha.

    Se LeBron não tivesse assinado uma extensão, arrastando a situação para o training camp e ao longo da temporada, haveria muita especulação sobre seu futuro.

    Porém, com o jogador assinando o acordo agora, ele encerra essa história e dá ao Lakers uma visão mais clara de seu futuro. LeBron e Davis tem agora o mesmo período de contrato com o time, com as duas estrelas tendo a capacidade de negociar novos acordos ou testar a agência livre em 2024.

    O compromisso de LeBron também coloca o Lakers em cheque para montar um elenco de nível de título. Por enquanto, o time ainda está longe disso.

    Não há como dizer o que o futuro reserva, mas as chances de título do Lakers estão diretamente ligadas ao desempenho de LeBron. O elenco de apoio desta temporada é de certa forma melhor, mas ainda há grandes buracos na rotação, com a necessidade de arremessadores e defensores.

    Lakers precisa ser agressivo ainda nesta offseason

    Considerando a vontade de LeBron em ter ao seu lado Kyrie Irving e seu descontentamento com a inatividade do Lakers no prazo final de trocas da última temporada, tudo sugere que o Lakers indicou a LeBron que será mais agressivo na busca de melhorar suas chances de título para ainda este ano, o que, é claro, teria que vir na forma de negociar Westbrook.

    Com o salário de Westbrook sendo tirado da folha do time no máximo até a próxima offseason, o Lakers pode ter mais de US$ 34 milhões livre no teto salarial em 2023, dependendo do que Talen Horton-Tucker fizer com sua opção de jogador e como a diretoria vai lidar com o resto de seu elenco. Isso não é suficiente para adicionar um terceiro agente livre de contrato máximo, mas é suficiente para adicionar um jogador de peso, ou dividir entre vários outros jogadores, melhorando a profundidade do time. 

    O Lakers está projetado para ter espaço para um contrato máximo em 2024, o ano em que LeBron fará 40 anos.

    Fala aí!

    Lakers Brasil: Desde 2006, tudo sobre o Los Angeles Lakers

    • Facebook
    • Instagram
    • Twitter