Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    30 de Agosto de 2022 postado por Renato Campos

    nba_os_planos_do_lakers_para_a_nova_dupla_russell_westbrook_e_patrick_beverley

    Em meio a uma offseason muito confusa em relação a qual será o elenco final do Lakers no início da próxima temporada, o técnico do Lakers, Darvin Ham, disse estar considerando escalar Russell Westbrook e Patrick Beverley como titulares na quadra de armação de acordo com o insider Marc Stein:

    "Russell Westbrook e Patrick Beverley já estão em contato desde que se tornaram companheiros do Lakers, fontes da liga me disseram, que o novo técnico Darvin Ham tem escalações em mente para jogar lado a lado com Russ e Pat Bev."

    Ham está entrando em sua primeira temporada como treinador principal do Lakers depois que a diretoria demitiu Frank Vogel. Ele está tentando reverter uma campanha de 33-49 que terminou como a 11ª na Conferência Oeste na temporada passada.

    Beverley está entre os novos jogadores do Lakers, após troca com o Utah Jazz por Talen Horton-Tucker e Stanley Johnson.

    Beverley deve desempenhar um papel fundamental para o Lakers, como fez com o Wolves no ano passado. Ele ajudou o time Minnesota a conquistar sua primeira aparição nos playoffs em quatro anos, com médias de 9,2 pontos, 4,6 assistências e 4,1 rebotes em 25,4 minutos por jogo.

    Em breve descobriremos como tudo isso vai se desenrolar, quando o Lakers estrear na temporada no dia 18 de outubro contra o atual campeão Golden State Warriors.

    Talen Horton-Tucker teria problemas nos bastidores do Lakers

    Parece que as coisas não estavam muito boas para Talen Horton-Tucker no Lakers.

    Chris Vernon, do The Ringer, indicou esta semana durante um episódio do programa "The Mismatch" que Horton-Tucker era um pouco impopular no vestiário do Lakers na última temporada.

    “Quando conversei com algumas pessoas ligadas a Horton-Tucker, ele estava meio que em uma ilha com o Lakers no sentido de que ele era o único cara jovem”, disse Vernon. “Ele não tinha amigos para passear. Era um time velho com um monte de caras veteranos. Ele não tinha um monte de amigos.”

    Horton-Tucker, de 21 anos, era de fato um dos poucos jovens em um time cheio de jogadores de 30 e poucos anos na última temporada (embora Austin Reaves, 24, e Wenyen Gabriel, 25, estivessem na equipe também). O Lakers optou por recontratar Horton-Tucker em vez de Alex Caruso na última offseason, mas a decisão não deu certo, já que Horton-Tucker deu um grande passo para trás no ano passado.

    Agora THT está indo para o Utah Jazz, junto com o companheiro de equipe Stanley Johnson, como parte da troca que trouxe Patrick Beverley para Los Angeles.

    Talen já estava envolvido em rumores de troca desde a última offseason. A falta de popularidade entre o elenco pode ter pesado para a saída de Horton-Tucker também.

    Como fica o elenco e a situação salarial do Lakers após chegada de Beverley

    O Lakers está melhorando sua defesa ao adquirir Patrick Beverley do Utah Jazz.

    De acordo com Adrian Wojnarowski, da ESPN, o Lakers vai enviar Talen Horton-Tucker e Stanley Johnson para Utah na troca pelo armador veterano.

    Essa é a segunda vez nesta offseason que Beverley foi negociado. Ele chegou ao Jazz como parte da troca que envolveu Rudy Gobert com o Wolves.

    Depois que LeBron James assinou uma extensão de dois anos e US$ 97,1 milhões na semana passada, o gerente geral do Lakers, Rob Pelinka, sabia que poderia seguir em frente hipotecando parte do futuro de longo prazo da equipe em uma tentativa de vencer agora.

    O acordo adiciona uma pequena quantia ao teto salarial dos Lakers na próxima temporada. Beverley vai receber US$ 13 milhões em 2022-23. Horton-Tucker e Johnson vão ganhar US$ 12,61 milhões combinados.

    Agora, o limite ativo do Lakers para a próxima temporada é de US$ 166,1 milhões e o time está US$ 59,8 milhões acima do limite. Eles ocupam o sétimo lugar na NBA em ambas as categorias.

    Elenco atualizado do Lakers

    PG: Russel Westbrook, Patrick Beverley

    SG: Lonnie Walker IV, Kendrick Nunn, Austin Reaves

    SF: LeBron James, Troy Brown Jr.

    PF: Anthony Davis, Juan Toscano-Anderson, Wenyen Gabriel

    C: Thomas Bryant, Damian Jones, Jay Huff

    Embora ainda haja a possibilidade do Lakers encontrar um time para assumir o contrato de Westbrook em uma troca, não há dúvida de que Beverley os torna melhores por causa do que ele acrescenta na defesa.

    Abrir mão de Horton-Tucker um ano depois de assinar um contrato de três anos e US$ 30 milhões é um pouco arriscado. Ele tem apenas 21 anos e mostrou alguma promessa no início de sua carreira, mas a consistência tem sido um problema até agora.

    Depois de uma segunda temporada promissora que levou o Lakers a dar-lhe essa prorrogação, Horton-Tucker fez 41,6% de suas tentativas de arremessos, 26,9% de bolas de três.

    O armador esteve com frequência no time titular do lesionado Lakers. É importante notar que ele substituiu LeBron James quando ele sofreu uma lesão abdominal que o manteve fora por oito jogos.

    LeBron mostrou na temporada passada que ainda é capaz de jogar em um nível de elite, mas a durabilidade está começando a se tornar um problema para o jogador de 37 anos. Ele perdeu 84 jogos em suas primeiras quatro temporadas com o Lakers depois de perder um total de 69 jogos de 2003-18.

    LeBron e Davis saudáveis são capazes de levar o Lakers à pós-temporada, mas o que eles podem fazer se chegarem lá jogando em uma Conferência Oeste com grandes times ainda não se sabe.

    Beverley não é uma terceira estrela que pode aliviar o fardo dessa dupla. Ele é um veterano sólido que faz muito trabalho pesado, especialmente na defesa, e dá ao Lakers o tipo de atitude e arrogância que faltava em 2021-22.

    Fala aí!

    Lakers Brasil: Desde 2006, tudo sobre o Los Angeles Lakers

    • Facebook
    • Instagram
    • Twitter