Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    02 de Agosto de 2022 postado por Renato Campos

    nba_russell_westbrook_no_banco_de_reservas_do_lakers

    O Lakers precisa melhorar sua defesa no perímetro e seus arremessos de três pontos.

    Dito isto, não é segredo para ninguém que Russell Westbrook não é o cara mais indicado para tais missões.

    Na temporada passada, o Lakers acertou apenas 34,7 por cento dos seus arremessos de três pontos, e foi a nona pior equipe da liga no quesito.

    E por conta disso, que o Lakers já teria um plano crucial para o quinteto titular do time para a próxima temporada.

    De acordo com o jornalista Jovan Buha, do The Athletic, o Lakers está "procurando ter no seu time titular qualquer ala-armador que possa converter bolas de três pontos e defender no nível mais alto possível".

    Em sua primeira temporada com o Lakers, Westbrook acertou apenas 29,8% de bolas de três pontos. Se você se lembra bem, a maioria desses arremessos foram imprudentes e forçados, sem nenhuma jogada desenhada para isto. Tudo isso, aliado a seus 3,8 turnovers por partida, realmente parecia que o próprio Russ não estava confiando em seu jogo.

    No final da temporada, a grande maioria dos torcedores do Lakers não estavam apenas vaiando o armador, eles também queriam que ele fosse embora do time.

    Por conta disso tudo, parece que a diretoria do Lakers concorda com esse sentimento. Eles estão tentando trocar Russ a maior parte da offseason, sem sucesso.

    Seja para ter uma "terceira estrela melhor" como Kyrie Irving ou "profundidade mais forte" como Myles Turner e Buddy Hield, segundo Buha, o Lakers não conseguiu ainda negociar Westbrook e pode ser que o time comece a temporada 2021-22 com ele ainda em seu elenco.

    Com isso, pode ser que a diretoria tenha que se apoiar em como o técnico recém-contratado Darvin Ham vai usar o armador em seus esquemas ofensivos e defensivos.

    Quando Ham conseguiu o emprego, ele não poupou palavras para defender Westbrook, citando seu status de superstar, sua energia e estilo de jogo.

    Ham se apoia na ideia de que Westbrook pode focar seu jogo mais na defesa.

    "No jogo de hoje, Russ é conhecido por seu enorme espírito competitivo e pela velocidade com que ele sobe e desce a quadra comandando a bola", disse Ham durante a transmissão de uma partida da Summer League. "O que eu disse é que você só precisa diversifique isso. Ele não apenas estará liderando o ataque e comandando o contra-ataque, mas também defendendo. ...Temos que voltar a jogar na defesa."

    “Russ, na minha opinião, ele está em ótima forma, ele é um jogador sólido e neste sistema – esse sistema de quatro e um – ele terá a chance de fazer screen-and-roll e fazer jogadas no half-roll. Ele terá a chance de correr no contra-ataque, infiltrar e fazer bandejas. Ele terá a chance de fazer jumpers, pressionar a defesa, conseguir bolas de três, bem como as coisas que ele já faz bem em termos de pegar o bola e comandar o ritmo do time. Estou muito animado por ter Russell Westbrook em nosso time."

    Após a reflexão de Ham, em uma equipe com LeBron James, que é sem dúvida um dos passadores mais talentosos da liga, o Lakers precisa de arremessadores que possam abrir espaço no perímetro.

    Até agora, Westbrook não mostrou que pode realizar essa tarefa de forma eficaz ou eficiente.

    Então, como o Lakers vão lidar com o armador, se não conseguir negociá-lo com outro time?

    Muito provavelmente, Ham vai ter que tirar a bola do controle de Russ e deixar que LeBron trabalhe o ataque para o time.

    LeBron pode encontrar maneiras de utilizar Westbrook em infiltrações e aproveitá-lo em situações de contra-ataque.

    Quanto aos arremessos abertos no perímetro, eles podem ter que ir para Austin Reaves ou talvez Cole Swider, que jogou bem na Summer League, ou porque não, Carmelo Anthony, caso ele opte por voltar ao time.

    Tudo isso pode significar que Westbrook verá menos minutos em quadra, especialmente com a primeira unidade, a favor de possivelmente comandar a segunda unidade.

    Isso pode não soar muito bem com o armador, mas pode ser a melhor forma para a equipe poder espaçar a quadra e obter bons cenários para arremessos no perímetro.

    Ainda assim, se Westbrook puder de alguma forma encontrar uma maneira de se tornar o "pitbull na defesa" que Ham imagina, isso poderia mantê-lo em quadra por períodos mais longos, dando-lhe mais oportunidades de se estabelecer e encontrar seu caminho no ataque.

    Mas será que realmente Russell Westbrook pode exercer toda essa função planejada pelo técnico Darvin Ham? Se o armador ainda estiver em Los Angeles quando a temporada começar, será um dos pontos cruciais que iremos avaliar em relação ao novo time do Lakers.

    Fala aí!