Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    19 de Setembro de 2022 postado por Renato Campos

    nba_o_lakers_ainda_vai_fazer_uma_troca_por_buddy_hield_e_miles_turner

    Não se sabe se o Lakers ainda vai fazer um movimento considerável ainda nesta offseason. Muitos ainda falam sobre as negociações entre o time com a diretoria do Utah Jazz, mas nada além disso.

    Um acordo que estava sendo muito discutido durante todo esse período, foi a negociação com o Pacers que traria a dupla Buddy Hield e Myles Turner para Los Angeles.

    Mas aparentemente, o Lakers pode estar sendo cauteloso para ter flexibilidade financeira para a próxima offseason.

    Jovan Buha e Sam Amick, do The Athletic, relatam que o Lakers quer manter seus cofres o mais vazios possível para a agência livre de 2023. Hield receberá US$ 19,3 milhões na temporada 2023-24, e Turner atualmente é elegível para uma extensão.

    O Lakers pode ter entre US$ 30-35 milhões de espaço disponível no teto salarial para contratar alguém. Buha e Amick especulam que não é confiável que Kyrie Irving possa estar disponível a esse preço, ou que agentes livres como Khris Middleton, Fred VanVleet ou Andrew Wiggins fariam um desconto para se juntar ao Lakers. Middleton e VanVleet têm opção de jogador para as temporadas 2023-24 e podem simplesmente optar por continuar em seus times. Embora cheio de talentos, há muitas ressalvas para o próximo mercado de agentes livres.

    Trocar por bons jogadores agora, com LeBron James envelhecendo e Anthony Davis ainda precisando provar que pode passar uma temporada sem lesões, seria a jogada mais segura, especialmente se esses jogadores estivessem no nível de Turner e Hield. Um time titular com Beverley, Hield, LeBron, Davis e Turner rapidamente melhoraria a posição do Lakers no Oeste. Um banco com nomes como Schroder, Kendrick Nunn, Austin Reaves, Lonnie Walker IV, Juan Toscano-Anderson, Damian Jones eThomas Bryant, pode ser uma segunda unidade bastante interessante.

    O Jazz, Spurs e o Hornets são as outras equipes com ativos para queimar que podem ser receptivas a uma troca por Westbrook. Mas o Pacers continua sendo a possibilidade mais intrigante para o Lakers considerar.

    Russell Westbrook pode acabar na reserva do Lakers

    Russell Westbrook não sai do banco desde sua temporada como calouro, mas parece que essa pode ser uma possibilidade com o Lakers na próxima temporada, se ele ainda continuar em Los Angeles.

    "A perspectiva de Westbrook sair do banco está sendo fortemente considerada", relataram Jovan Buha e Sam Amick, do The Athletic.

    O Lakers adquiriu Patrick Beverley nesta offseason antes de fechar um contrato de um ano com Dennis Schroder nesta sexta-feira, segundo Shams Charania do The Athletic. Embora Schroder vá receber apenas US$ 2,64 milhões e Westbrook US$ 47,1 milhões, parece que o trabalho de armador titular terá que ser conquistado na quadra.

    De acordo com Buha e Amick, o novo treinador Darvin Ham tem "total apoio da organização" para tomar quaisquer decisões de elenco que sejam necessárias.

    O insider da NBA Marc Stein forneceu mais informações sobre os planos para a armação do time:

    "As decisões de escalação serão feitas por Darvin Ham, dizem fontes da liga, mas da forma como estamos hoje em 16 de setembro, o Lakers vai para o training camp tendo Westbrook e Schroder como armadores principais, PatBev como segundo armador ao lado de Kendrick Nunn e Austin Reaves como um ala de backup de LeBron James."

    Schroder terminou na segunda posição na equipe com 5,8 assistências por jogo quando jogou pela última vez com o Lakers em 2020-21, atrás apenas de LeBron James. Ele acrescentou 15,4 pontos de média, o que o deixou como terceiro cestinha, atrás de LeBron e Anthony Davis.

    Westbrook teve melhores números em sua primeira temporada em Los Angeles, com média de 18,5 pontos, 7,4 rebotes e 7,1 assistências por jogo. Porém seu ajuste com LeBron e Davis foi o maior problema.

    A produção ofensiva de Westbrook pode ganhar vantagem com o jogador saindo da segunda unidade quando LeBron e Davis estiverem no banco.

    Beverley, por sua vez, pode ser um jogador de qualidade no time titular por sua habilidade defensiva. Ele foi nomeado para a equipe All-Defensive três vezes em sua carreira e pode ajudar a reverter uma unidade que ficou em 21º lugar na NBA em eficiência no ano passado.

    Depois de terminar 33-49 em 2021-22, está claro que o Lakers tentará o que for preciso para mudar as coisas nessa nova temporada.

    Fala aí!