Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    12 de Setembro de 2022 postado por Renato Campos

    nba_o_unico_time_que_ainda_pode_negociar_com_o_lakers

    [adgoogle][/adgoogle]

    O Lakers não têm outras opções de troca além do Jazz.

    Os jornalistas Jake Fischer e Zach Lowe mencionaram algumas equipes que têm salário suficiente para negociar por Westbrook porque estão se reconstruindo. No entanto, todos esses negócios em potencial têm ainda mais desafios do que fazer uma movimentação com o Jazz.

    Fischer levantou a ideia de um possível acordo com o Spurs que faria o time enviar Josh Richardson, Doug McDermott e Jakob Poeltl para Los Angeles. Alguns dos problemas nessa jogada são que o Spurs valoriza muito Poeltl. O jogador não se encaixaria muito bem ao lado de Davis e como o próprio Fischer disse “não parece haver muito apetite por isso do lado do Lakers”. Lowe também chamou esse acordo de “meia medida” porque não torna o Lakers bom o suficiente.

    Lowe falou sobre o time do Hornets, que poderia enviar um pacote como Terry Rozier e Gordon Hayward, mas o Lakers não parece interessado em receber salários além de 2022-23, então o contrato de Hayward não é ideal.

    [adgoogle][/adgoogle]

    A última opção razoável seria o Pacers com Myles Turner e Buddy Hield. O contrato de Hield apresenta um problema semelhante ao de Hayward, mas o armador de Indiana ganha metade se comparado a Hayward em 2023-24 e é duas vezes mais consistente. A verdadeira questão é que nenhum dos lados parece tão interessado, ou eles estariam mais perto de fechar um acordo. Por Lowe:

    "Posso dizer com quase 100% de certeza, é preciso as duas escolhas de primeira rodada para que o Pacers começe uma reunião sobre isso... Mas a partir de agora, eu realmente não ouço muito sobre algo nesse sentido."

    O Lakers poderia apontar para esses pacotes de troca teóricos e dizer que o problema é a falta de talento que chegaria a Los Angeles. O Lakers não pode se apegar às futuras escolhas e se recusar a receber de volta um salário ruim. A diretoria tem que conceder algo em uma negociação. Sem abrir mão de recursos de draft ou cap, a diretoria não vai encontrar um time para negociar por Westbrook.

    Nesse mesmo episódio do “The Lowe Post”, Ramona Shelburne disse que Westbrook estaria aberto a uma troca, mas ele não pediu oficialmente uma. O que é mais importante para Westbrook é que ele pode estar em um lugar onde Russ pode ser Russ. Há uma chance de que, se ele for negociado, o time em que ele for mandá-lo para casa ou tentar comprá-lo.

    Ser comprado significa que o valor de Westbrook diminui na liga. De repente, ele se torna um jogador que pode estar nas últimas etapas de sua carreira.

    [mediabr][/mediabr]

    Lakers e LeBron James precisam lidar com a dura realidade de Anthony Davis

    Não há como negar que toda torcida do Lakers ainda aguarda por uma nova negociação que possa tornar o time mais competitivo para a próxima temporada.

    Uma fonte não identificada da liga, no entanto, foi rápida em lembrar sobre uma grande preocupação que o time está enfrentando antes da nova temporada. No momento, o Lakers ainda vai depender da saúde de Anthony Davis, que neste momento foi prejudicado por lesões durante a maior parte de sua carreira

    “Ele tem sido mais inconsistente do que consistente, fora de seu jogo na bolha”, disse a fonte para Eric Pincus do Bleacher Report.

    Isso é duro de admitir, mas ao mesmo tempo, realista. Davis continua sendo um dos principais grandes jogadores hoje na liga – não há dúvida sobre isso. Isso, é claro, mas apenas quando ele está em quadra. O problema é que suas lesões o forçaram a assistir seu time do lado de fora mais do que colaborando dentro dela.

    LeBron e Davis provaram ser uma força gigantesca, e o título da NBA de 2020 é uma prova clara desse fato. No entanto, com Westbrook em Los Angeles, houve mais do que algumas complicações:

    “Individualmente, eles são três talentos de muita qualidade, mas como exatamente Ham pode ocupar o espaço ao redor de LeBron com dois não arremessadores em papéis enormes?” um executivo da liga perguntou.

    Muita coisa vai acontecer na próxima temporada para o Lakers, e também haverá muita pressão sobre Anthony Davis. Outra temporada de 40 jogos para ele pode levar a algumas questões importantes sobre seu futuro com a equipe.

    [adgoogle][/adgoogle]

    Fala aí!