Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    10 de Outubro de 2022 postado por Renato Campos

    nba_anthony_davis_pode_ser_sacrificado_mais_uma_vez_no_lakers

    Anthony Davis já jogou tanto na sua posição de origem, como também como pivô em sua carreira, aparentemente preferindo a posição 4 devido ao desgaste que um jogador enfrenta embaixo do aro ao longo de uma temporada. Mas o Lakers pode pedir, mais uma vez, que ele jogue mais como pivô nesta temporada.

    "AD começando como pivô está sob forte consideração", disse o novo técnico Darvin Ham a imprensa nesta segunda-feira.

    Ofensivamente, jogar com Davis como pivô faz todo o sentido, dando ao Lakers mais espaço na quadra.

    [adgoogle][/adgoogle]

    Porém, Davis é um arremessador que mostrou flashes de ser produtivo em bolas de três pontos, com destaque para seu aproveitamento de 38,3% de três pontos na corrida pelo título durante os playoffs da bolha de 2019-20.

    Ter Davis na posição central permite que LeBron jogue na 4 em um papel de "point-forward" e torna as próprias inadequações de Russell Westbrook como arremessador menos impactantes, já que o Lakers poderia iniciar qualquer um na posição de segundo armador com Dennis Schröder, Kendrick Nunn, Patrick Beverley, e com Juan Toscano-Anderson e Lonnie Walker IV na ala.

    A desvantagem, é claro, é o custo físico que vem com a posição. Davis tradicionalmente lutou contra lesões ao longo de sua carreira, jogando em 70 ou mais jogos apenas duas vezes em 10 temporadas. No ano passado, ele jogou apenas 40 jogos. No ano anterior, 36.

    Davis é um excelente bloqueador de arremessos (2,3 tocos por jogo em sua carreira), mas pedir a ele para brigar duro com nomes como Joel Embiid, Nikola Joki? e Rudy Gobert, entre outros, terá seu preço. Mantê-lo saudável deve ser a prioridade agora.

    [adgoogle][/adgoogle]

    Lakers vence Warriors com grande partida de Anthony Davis

    Mesmo sem LeBron James, Russell Westbrook e Patrick Beverley, o Lakers teve uma boa atuação para vencer o Warriors por 124-121.

    Anthony Davis voltou à quadra depois de ficar de fora da semana passada e parecia que não havia perdido um segundo, dominando o jogo no primeiro tempo. Ele jogou alguns minutos no terceiro período antes de ser poupado pelo técnico Darvin Ham, jogando apenas 21 minutos do jogo.

    Jogadores como Kendrick Nunn (25 minutos), Lonnie Walker IV (23 minutos), Juan Toscano-Anderson (22 minutos) e Austin Reaves (26 minutos) tiveram tempo suficiente para mostrar seus trabalhos, e deram conta do recado.

    [adgoogle][/adgoogle]

    Davis muito à vontade

    Foram três períodos de um jogo de pré-temporada que não contou com Russell Westbrook ou LeBron James, mas AD parecia muito à vontade na noite deste domingo. Ele marcou 28 pontos em 9 de 18 arremessos, derrubando dois arremessos de três pontos e todos os seus oito lances livres.

    Isso aconteceu depois de sua estreia na pré-temporada, na qual ele jogou efetivamente um período e teve um duplo-duplo. Seu arremesso parece mais ajustado, muito mais assertivo do que nas duas últimas temporadas e ele está se movendo com uma fluidez que lembra a temporada 2019-20.

    Ainda é muito cedo para fazer previsões, mas com o Lakers confiando nele e LeBron nesta temporada, ver estes primeiros sinais positivos como esse é muito encorajador.

    [mediabr][/mediabr]

    Fala aí!