Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    15 de Outubro de 2022 postado por Renato Campos

    nba_o_fim_de_uma_novela_que_ja_vimos_antes

    Em uma partida em que o Lakers entrou em quadra sem Anthony Davis, Lonnie Walker, Dennis Schroder e Troy Brown Jr, não era de se esperar que a noite de sexta-feira fosse ser a das mais fáceis e o time acabou amargando sua quinta derrota na pré-temporada ao ser dominado pelo Kings por 133-86 em Sacramento.

    Mesmo com os desfalques antes da partida, o técnico Darvin Ham ainda entrou em quadra procurando entender como o time se comportaria com Russell Westbrook na reserva. O time titular foi composto por Jones, James, Christie, Beverley e Reaves.

    O experimento não deu muito resultado, tendo em vista que Russ jogou apenas cinco minutos, antes de sair ainda no primeiro período com uma lesão na perna esquerda.

    Da forma como Ham lidou com suas formações e com o time já tendo problemas com lesões, podemos dizer que o time titular que vai entrar em quadra na próxima terça contra o Warriors ainda é uma incógnita.

    Porém, mesmo com todos esses problemas, ainda podemos tirar algum ponto positivo dessa pré-temporada que nos faz crer que teremos uma longa temporada regular pela frente. Prestes a completar 38 anos e entrando em sua temporada de número vinte, LeBron ainda é o melhor jogador do Lakers neste momento. Ele terminou a partida com 12 pontos em 18 minutos, deixando a partida quando o time perdia por 27. 

    Além de LeBron com 12 pontos, nenhum outro jogador do Lakers terminou o jogo com dígitos duplos em pontuação, com Reaves marcando nove, assim como Pippen Jr, Huff com oito e Bryant e Swider com sete.

    No final das contas, o Lakers não tinha respostas para De'Aaron Fox e Domantas Sabonis, mostrando o quanto o técnico Darvin Ham vai ter trabalho para ajustar essa defesa. O Kings teve muita facilidade de matar seus arremessos, com o Lakers também permitindo muitos lances livres adversários.

    O Lakers teve que jogar por mais tempo com seus pivôs tradicionais na ausência de Davis, mas nem Damian Jones nem Thomas Bryant se saíram tão bem. Jones foi intimidado por seu ex-companheiro de equipe Sabonis, e Bryant não parecia ter fôlego para acompanhar o ritmo do Kings.

    Na verdade, ninguém parecia pronto para defender o que foi o melhor time da pré-temporada.

    Ainda bem que a pré-temporada chegou ao fim, amigos, Agora, o Lakers tem quatro dias de descanso antes de fazer sua estreia na temporada regular contra o Warriors na próxima terça.

    Confira os lances do jogo


    Fala aí!

    Lakers Brasil: Desde 2006, tudo sobre o Los Angeles Lakers

    • Facebook
    • Instagram
    • Twitter