Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    14 de Novembro de 2022 postado por Renato Campos

    lakers_tem_receio_de_perder_joia_no_draft_da_nba

    À medida que o Lakers caminha com dificuldades na temporada, há uma preocupação dentro da organização de que eles possam acabar ganhando o draft de Victor Wembanyama, mas infelizmente a escolha não ficaria em Los Angeles.

    O insider da NBA Marc Stein relatou que há "medo palpável" dentro da organização Lakers sobre a troca de escolhas de 2023 que o time deve ao New Orleans Pelicans. O Lakers (3-10) estaria entre as quatro equipes com as melhores chances de ganhar na loteria e selecionar Wembanyama se a temporada terminasse hoje.

    Mesmo que a escolha do Lakers não seja a de número um, Scoot Henderson é o segundo jogador de consenso nesta classe e é visto como um superstar em potencial. Há uma grande chance de que o Lakers possa repassar ao Pelicans um grande talento para se juntar a Zion Williamson e Brandon Ingram, um jogador de calibre All-Star que o Lakers já enviou para Nova Orleans como parte da troca de Anthony Davis.

    O Pelicans também tem a opção de escolher a primeira rodada do Lakers em 2024 ou 2025, o que significa que não haverá um caminho viável para a equipe conseguir um superstar no draft até pelo menos 2025, se não 2026.

    Embora seja improvável que a maioria dos torcedores do Lakers abrissem mão do título de 2020, está se tornando cada vez mais aparente que o Pelicans foi o vencedor de longo prazo na troca blockbuster de Davis. Enquanto o New Orleans construiu um forte núcleo jovem de talentos que deve competir por vagas nos playoffs nos próximos anos, o Lakers conseguiu uma temporada de verdadeira produção de superstar de Davis e nada mais que isso até o momento.

    Hoje, a maioria vai concordar, que apesar de Davis ser um enorme talento, ele talvez não seja o cara para comandar uma franquia para um título após aposentadoria de LeBron.

    Em outras palavras, esses medos da diretoria do Lakers são baseados em uma realidade potencialmente desastrosa.

    É tudo culpa de Anthony Davis...

    Em seu primeiro ano como técnico de NBA, Darvin Ham está trabalhando pressionado com o início de poucas vitórias em doze jogos antes da partida desde domingo contra o Nets.

    No entanto, foi Anthony Davis que mostrou responsabilidade e deu segurança a seu comandante antes da vitória do time contra o time de Durant.

    "Tive uma conversa muito boa com Davis após nossa última derrota", disse Ham após a vitória do Lakers por 116 a 103 sobre o Nets, que quebrou uma sequência de cinco derrotas do time. "E ele apenas disse: 'Eu estou contigo, treinador.' E isso foi muito importante para mim. Ser um treinador de primeira viagem e ter um jogador dessa magnitude constantemente tentando fazer tudo o que você pede a ele."

    Davis segurou a barra de Ham e fez uma partida gigante contra o Nets com sua melhor atuação da temporada com 37 pontos e 18 rebotes.

    Davis, que perdeu mais da metade dos jogos do Lakers nas últimas duas temporadas por causa de lesões, havia desaparecido no segundo tempo durante várias derrotas recentes.

    Antes do jogo deste domingo, Ham disse que era responsabilidade de Davis buscar a falta de oportunidades por conta própria.

    "Ele precisa pedir a bola", disse Ham. "Começa com isso."

    Na verdade, tudo começou antes do jogo para Davis. Um fervoroso torcedor do Green Bay Packers, Davis disse que estava entrando motivado depois de ver o Green Bay derrotar o Dallas Cowboys.

    "Eu estava assistindo ao jogo do Packers antes... e Aaron Rodgers fez uma ligação para Allen Lazard, ele correu por 40 jardas. Isso me deu alguma motivação antes do jogo. Apenas tentei dominar a partida. Ser dominante. Sabendo que tínhamos que conseguir essa vitória, sabendo que muitos caras, especialmente com LeBron fora, muitos caras se apoiam em mim para tentar fazer o trabalho. "

    Davis acertou 15 de seus 25 arremessos e 7 de 7 na linha de lance livre.

    Confira os lances de Lakers e Nets

    "Eu estava tentando chegar no garrafão e pontuar lá dentro, sabendo que eles tinham bloqueio de arremesso limitado. Então eu tinha uma chance para um rebote ofensivo e conseguir uma pontuação lá."

    Davis teve mais rebotes ofensivos individualmente (10) do que o Nets teve como equipe (oito).

    "AD jogou como um monstro esta noite", disse Patrick Beverley. "E todo mundo se aproveitou disso."

    O Lakers espera ter todos seus jogadores disponíveis pela primeira vez em toda a temporada em seu próximo jogo contra o Detroit Pistons em casa na sexta-feira.

    LeBron perdeu as duas últimas partidas com uma lesão na virilha esquerda, e Dennis Schroder e Thomas Bryant ainda não fizeram sua estreia na temporada enquanto ambos se recuperam de uma cirurgia no polegar.

    Em virtude de uma peculiaridade do calendário, o Lakers terá quatro dias de folga esta semana para se preparar para encarar o Pistons na sexta.

    "Queríamos vencer esta noite, com certeza. Vamos nos sentir bem nesta semana de folga antes do jogo de sexta-feira", disse Davis. “Isso dá uma chance para os caras se afastarem do jogo por alguns dias e voltarem com uma mentalidade de que temos que conquistar algumas vitórias seguidas”.

    Fala aí!

    Lakers Brasil: Desde 2006, tudo sobre o Los Angeles Lakers

    • Facebook
    • Instagram
    • Twitter