Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    nba_elon_musk_ajudou_a_enganar_todo_mundo_a_pensar_que_lebron_james_exigiu_uma_troca

    A era de Elon Musk no Twitter teve um começo caótico, e esse caos já atingiu o mundo da NBA.

    Não muito tempo depois que Musk teve a ideia genial de dar o tão sonhado selo azul para qualquer pessoa disposta a pagar US$ 8, um perfil falso e com selo verificado postou o seguinte tweet:

    [adgoogle][/adgoogle]

    "Eu estou oficialmente pedindo uma troca. Obrigado #LakersNation por todo suporte nestes anos."

    Screen-Shot-2022-11-10-at-2-56-20-pm

    Naturalmente, muitas pessoas acreditaram que o tweet era verdade.

    [adgoogle][/adgoogle]

    A conta responsável pelo tweet de LeBron pelo menos foi suspensa, mas que controle é esse do Twitter de Elon Musk ao permitir uma conta claramente falsa chamada “KINGJamez” conseguir tal autorização?

    Vida que segue...

    [adgoogle][/adgoogle]

    Lakers está aguardando uma troca por uma estrela misteriosa

    O Lakers vai mal, amigos. E não precisa ser um especialista para ver que o basquete jogado hoje não é de um time que possa fazer frente aos candidatos a título da NBA.

    Porém, ainda há um longo caminho pela frente e o Lakers pode fazer mudanças significativas se decidir abrir mão de suas escolhas de draft para ter ainda nesta temporada um time competitivo.

    No entanto, de acordo com o último report de Shams Charania do The Athletic, parece que a diretoria do Lakers ainda não está planejando fazer um acordo com essas escolhas se isso não tornar a equipe uma candidata a título:

    [adgoogle][/adgoogle]

    “Disseram-me que a organização será prudente com suas duas escolhas de primeira rodada disponíveis se a temporada continuar nesse caminho. Para os torcedores do Lakers que estavam clamando por uma negociação por Buddy Hield, Myles Turner com o time abrindo mão de duas escolhas de primeira rodada, de várias de segunda rodada ... Eu não acho que veremos esse time do Lakers fazer, não é prudente para eles fazerem isso.”


    [adgoogle][/adgoogle]

    Executivos acham que o Lakers está aguardando uma troca por uma estrela

    No último episódio do “The Crossover NBA Show” da Sports Illustrated, o repórter Howard Beck relatou que ouviu de outros executivos da liga que o Lakers pode ter uma possível estrela em mente para usar o contrato Westbrook e picks para fazer uma troca:

    Beck: “Vou acrescentar uma coisa sem entrar em todos os detalhes, mas eu estava entrevistando um monte de pessoal de front office na semana passada quando eu estava trabalhando na minha ideia de ‘O Nets pode se destruir agora? O que eles poderiam razoavelmente conseguir por Kevin Durant? Eles poderiam conseguir alguma coisa por Kyrie Irving? Eles poderiam conseguir alguma coisa por Ben Simmons?” E nessas discussões, quando eu mencionei o Lakers, a reação que eu estava recebendo era que eles estavam esperando por um jogador específico. Que eles não estão fazendo o acordo com o Pacers, e que eles não vão fazer um acordo com Kyrie agora, o que é uma indicação de que o Lakers está esperando que uma peça maior fique disponível."

    [adgoogle][/adgoogle]

    Beck pode não estar disposto a divulgar tal especulação publicamente porque ele tem uma reputação a zelar. Mas a gente pode viajar um pouco. Poderia ser Damian Lillard, a quem o Lakers estaria ligado e que tenta recrutar há anos? Ou talvez Bradley Beal, que o Wizards certamente tentará negociar enquanto se comprometem a reconstruir eventualmente?

    Talvez DeMar DeRozan, que nunca mostrou falta de entusiasmo por se juntar ao time de sua cidade natal, se o Bulls decidir mudar o rumo das coisas?

    Parece que não iremos saber por um tempo, ou pelo menos não até que Beck decida falar, mas se há uma coisa que esses dois relatórios deixam claro, é que parece haver um sentido em torno da liga (e potencialmente internamente) que este ano é uma causa perdida.

    Vamos aguardar para descobrirmos o que vem pela frente conforme a temporada evolui.

    [mediabr][/mediabr]

    Fala aí!