Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    12 de Novembro de 2022 postado por Renato Campos

    nba_lakers_faz_teste_com_dois_jogadores_para_suprir_ausencia_de_lebron_james

    Com a notícia de que LeBron James pode perder pelo menos os próximos dois jogos (e potencialmente mais) com uma lesão no adutor, o Lakers vai ficar ainda mais sem opções na posição de ala.

    Com isso em mente, além de treinar Moe Harkless no mês passado, a equipe também realizou recentemente treinos com os agentes livres Joe Wieskamp e Tony Snell, de acordo com Shams Charania do The Athletic.

    [adgoogle][/adgoogle]

    Wieskamp seria na teoria um arremessador de qualidade. Depois de arremessar 41,2% ao longo de três anos em Iowa na faculdade, Wieskamp fez apenas 14 de seus 43 três com o San Antonio Spurs no ano passado como uma escolha de segunda rodada antes de ser cortado pela equipe no mês passado. Ainda assim, essa porcentagem (32,6%) ainda o tornaria o terceiro melhor arremessador no time do Lakers. Snell, enquanto isso, é um veterano de nove anos que tem acertou 21 de suas 53 tentativas de três pontos em Nova Orleans no ano passado, e tem uma reputação de defensor sólido.

    Portanto, ambos os jogadores teoricamente preencheriam algumas necessidades para este time, tanto com LeBron de fora quanto quando ele retornar, embora obviamente nenhum deles possa fazer muito para substituir sua capacidade de criação de arremessos, que é o que o Lakers mais sente falta.

    [adgoogle][/adgoogle]

    O outro fator complicador por exemplo, é que o Lakers teria que dispensar Austin Reaves, Wenyen Gabriel ou o acordo não garantido de Matt Ryan para assinar qualquer um desses caras com um contrato da NBA. A diretoria também poderia cortar Cole Swider ou Scotty Pippen Jr. de seus acordos de mão dupla e oferecer um desses para Wieskamp, mas Snell tem experiência demais para ser elegível para tal acordo.

    De qualquer forma, para encurtar a história, o Lakers não tem uma vaga no elenco, então se a diretoria optar por trazer qualquer um desses jogadores ou outro reforço, Pelinka e companhia teriam que fazer pelo menos um corte do seu atual elenco.

    [mediabr][/mediabr]

    4 verdades sobre o Lakers que todo mundo deve saber

    O Lakers está em uma das situações mais difíceis de sua história.

    De fato, o Lakers de hoje é uma bagunça absoluta. O time tem uma campanha de 2-9 e por enquanto não conseguiu vencer times como o Utah Jazz (duas vezes) e o Minnesota Timberwolves. Após o final desastroso da temporada do ano passado, todos esperavam que a equipe se recuperasse. Em vez disso, o time parece pior, à frente apenas do Houston Rockets, que tem o pior elenco da NBA.

    Os números simplesmente não mentem, o Lakers está em 30º na classificação ofensiva (103,9), 18º na classificação defensiva (112,0) e 28º em pontos por jogo (107,7). Em outras palavras, o Lakers não consegue pontuar de forma consistente o suficiente ou defender em momentos críticos. Como pode uma equipe com LeBron James, Anthony Davis e Russell Westbrook ser tão ruim?

    Existem quatro fatores principais sobre o atual Lakers que todos devem saber.

    [adgoogle][/adgoogle]

    4. O Lakers simplesmente não tem um bom time

    No papel, o Lakers parecia preparado para uma reviravolta este ano. Afinal, como um elenco com LeBron James, Russell Westbrook, Anthony Davis, o mínimo que você espera é que eles estejam nos playoffs. Adicionando alguns talentos como Patrick Beverley e Lonnie Walker, o Lakers deveria ser um problema para os times adversários. Mas a NBA é uma liga cruel, e uma equipe com falta de arremessos e pontuadores suficientes não vai competir no estilo de jogo moderno.

    LeBron tem 37 anos e não tem mais capacidade para carregar uma equipe sozinho. Russell Westbrook tem 33 anos e tem lutado para manter uma constância, e Anthony Davis tem sido uma decepção desde a bolha. Ao avaliar a elenco como um todo, o Lakers é uma equipe muito mal montada. O time não tem ninguém no elenco que possa fornecer uma energia extra além de Russell Westbrook.

    Para ser justo, o Lakers espera que Dennis Schroder seja esse cara, mas mesmo ele não é suficiente. O Lakers precisa desesperadamente de um jogador que possa fornecer 15-20 pontos por jogo de forma consistente ao lado de LeBron James e Anthony Davis.

    [adgoogle][/adgoogle]

    3. Russell Westbrook não é mais uma estrela

    Mesmo com a melhora recente, Russell Westbrook não é mais o mesmo. Qualquer um que entenda alguma coisa sobre basquete vai dizer prontamente que Russell Westbrook teve, sem dúvida, a pior temporada de sua carreira com o Lakers no ano passado.

    Russ tem uma média de 16,1 pontos, 5,6 rebotes e 6,3 assistências com 43,6% de aproveitamento e 32,5% de três pontos. Ele está arremessando um pouco melhor este ano, mas sua pontuação está baixa. O técnico Darvin Ham encontrou a melhor maneira de utilizar Russ usando o armador na segunda unidade, mas ele ainda não é um jogador de impacto e a campanha da equipe reflete isso.

    [adgoogle][/adgoogle]

    2. Anthony Davis não é um franchise player

    Houve alguma falsa esperança no ano passado de que o Lakers poderia terminar a temporada de forma diferente se Anthony Davis estivesse saudável. Talvez se Anthony Davis estivesse saudável durante a maior parte da temporada, o Lakers poderia ter mantido uma vaga nos playoffs. Isso não quer dizer que Davis foi ótimo quando esteve disponível, mas ele tornou o time um pouco melhor. O Lakers teve uma campanha de 14-25 sem Davis nesta temporada, em comparação com 17-23 com ele. Embora nenhum desses números seja impressionante, o Lakers parecia um time melhor com ele colaborando.

    É claro que não podemos culpar um jogador de se machucar, mas é anormal a frequência que ele não consegue jogar. Ser propenso a lesões significa essencialmente que Davis não é um jogador que se pode confiar para ser o cara da franquia. Além de lesões, Davis não parece motivado.

    [adgoogle][/adgoogle]

    1. LeBron James finalmente envelheceu

    Infelizmente, LeBron James pode estar lutando contra o tempo a cada dia. O jogador já está lesionado e tem tido problemas com seu arremesso. LeBron está com aproveitamento abaixo de 50% e sua bola de três pontos não está nada ajustada. Embora não seja justo criticar um jogador de 37 anos, LeBron é parte do problema.

    Não há dúvida de que LeBron James foi espetacular no lado ofensivo no ano passado, com 30,3 pontos de média com aproveitamento de 52,4% de seus arremessos e 35,9% de três pontos. Ele provou sua grandeza como uma grande estrela de todos os tempos. Mas mesmo em sua pontuação no ano passado, o time não conseguiu evoluir.

    LeBron está tendo um começo semelhante este ano, falhando em defender e não está impactando o jogo o suficiente.

    Se LeBron, assim como Davis, não tiverem uma temporada nada menos que espetacular, o Lakers não vai deixar de ser um time inexpressível no Oeste.

    [mediabr][/mediabr]

    Fala aí!