Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    07 de Fevereiro de 2023 postado por Renato Campos

    nba_lakers_deve_ter_reforco_hoje_contra_o_thunder

    O mês de Janeiro foi difícil para o Lakers, já que o time ficou sem Anthony Davis, Lonnie Walker IV e Austin Reaves na maior parte do tempo.

    De alguma forma, o time teve uma campanha de 9-7 durante esse período, apesar de estarem com poucos jogadores.

    O Lakers aos poucos tá ficando cada dia mais saudável. Recentemente, o time teve a volta de Davis de uma lesão no pé direito, e ele voltou dominando, com pelo menos 31 pontos e 14 rebotes em seus dois últimos jogos.

    [adgoogle][/adgoogle]

    Walker também teve seu retorno há uma semana e, embora tenha estado inconsistente desde então, é bom tê-lo de volta ao time.

    Reaves está fora desde a primeira semana de janeiro com uma lesão no tendão da coxa, mas há uma boa chance do armador jogar nesta terça-feira, quando o Lakers recebe o Oklahoma City Thunder.

    Reaves pode não ser uma estrela, mas é um jogador que ajuda muito o time com bolas de três pontos, atacando o aro e tem uma defesa bem respeitável.

    Sua presença nesta terça-feira deve ajudar o Lakers a conter Shai Gilgeous-Alexander, sexto em média de pontos na NBA com 30,8 pontos por jogo nesta temporada.

    [adgoogle][/adgoogle]

    O que o Lakers ofereceu ao Nets na tentativa por Kyrie Irving

    Quando Kyrie Irving pediu para ser negociado pelo Nets na última sexta-feira, muitos acreditaram que dessa vez o armador poderia enfim jogar novamente com LeBron James agora no Lakers.

    A diretoria do Lakers tentou negociar com o armador na offseason passada, e rumores eram fortes de que Irving gostaria de jogar pelo time.

    Mas neste domingo, mais um capítulo da novela Irving teve um desfecho, depois que o Nets aceitou o pacote oferecido pelo Mavs com Spencer Dinwiddie, Dorian Finney-Smith, uma escolha de primeira rodada desprotegida de 2029 e duas escolhas de segunda rodada.

    O Lakers não tem culpa nenhuma nessa história, mesmo porque, não conseguiria igualar tal oferta.

    [adgoogle][/adgoogle]

    Mas com a finalização da negociação, qual teria sido a real oferta do Lakers para buscar mais uma vez o talento do confuso armador Kyrie Irving?

    Um ponto crítico em qualquer negociação importante que o Lakers têm tentado fazer ultimamente tem sido sua relutância em incluir suas escolhas de draft da primeira rodada de 2027 ou 2029, que são as únicas escolhas de primeira rodada que a diretoria pode incluir em uma troca neste momento.

    O gerente geral Rob Pelinka disse recentemente que a equipe estaria disposta a se separar de uma ou ambas as escolhas se tal movimento resultasse na obtenção de um jogador ou vários jogadores que tornariam o Lakers um candidato ao título.

    De acordo com Chris Haynes, o Lakers ofereceu essas duas escolhas para o Nets como parte de seu pacote por Irving.

    "Fontes: o Brooklyn Nets recebeu a proposta do Los Angeles Lakers que incluía as duas escolhas de primeira rodada do time (2027, 2029) e a oferta do Phoenix Suns de Chris Paul, Jae Crowder e escolhas não especificadas," disse Haynes.

    Muitas equipes viram essas escolhas como os ativos mais atraentes do Lakers e, possivelmente, as únicas atraentes no mercado comercial. Resta saber se o time vai continuar oferecendo as escolhas até o prazo final que acontece em três dias.

    [adgoogle][/adgoogle]

    O Nets supostamente não queria ajudar o Lakers

    Embora o Nets e o Lakers estivessem em negociações neste fim de semana para tentar concluir uma negociação por Irving, parece que a diretoria do Nets não queria que Irving fosse para Los Angeles.

    Muitas pessoas acreditam que há um sentimento entre os times de que eles querem evitar ajudar o Lakers a todo custo, mesmo que isso signifique aceitar uma oferta de troca menor ou permitir que um jogador saia como agente livre. É discutível se isso é verdade, estamos falando de negócios.

    Tsai foi mais motivado por uma recusa em ajudar o Lakers ou por uma recusa em acomodar Irving e mandá-lo para o time que ele supostamente preferia acima de todos os outros?

    [adgoogle][/adgoogle]

    O Lakers estava decidido a trocar por Irving?

    Embora Irving pudesse ter feito do Lakers o favorito para chegar às finais da NBA ou até mesmo vencer o campeonato, ele viria com muitas outras questões.

    Ele foi suspenso por oito jogos no início desta temporada após promover um documentário com conteúdo anti-semita. Na última temporada, ele se recusou a receber a vacina COVID-19, o que resultou em sua ausência na maior parte da temporada.

    Alegadamente, esses incidentes fora da quadra fizeram com que alguns na organização do Lakers relutassem em ir com tudo em uma troca por Irving.

    “Enquanto uma pessoa com conhecimento do interesse da equipe por Irving disse ao Southern California News Group que os altos funcionários da diretoria tinham sérias preocupações sobre seu profissionalismo e disponibilidade – especialmente considerando que o Lakers teria que pelo menos considerar estendê-lo no máximo ou próximo - um salário máximo além desta temporada – de acordo com o Bleacher Report, a equipe estava disposta a abrir mão de suas escolhas de primeira rodada de 2027 e 2029 para fechar o negócio," como reportou o Lakers Daily.

    [adgoogle][/adgoogle]

    O Lakers também não gostou da ideia de dar a Irving a extensão de contrato que ele havia exigido do Nets - uma demanda que levou ao seu pedido de troca.

    “Conforme relatado pelo Los Angeles Times e Sam Amick do The Athletic, o Lakers estava tentando assinar com Irving uma extensão de mais de US$ 80 milhões em dois anos após adquiri-lo, o máximo que eles poderiam oferecer antes de 30 de junho. Irving, no entanto, preferiu entrar na agência livre de 2023, com o objetivo de assinar um contrato de quatro anos por cerca de $ 198 milhões após 30 de junho. A incerteza sobre o futuro de Irving em Los Angeles além desta temporada impediu o Lakers de aumentar sua oferta."

    Talvez se não fosse por essas preocupações, o Lakers poderia ter incluído um pouco mais de capital que teria levado o Nets a pensar duas vezes sobre a oferta.

    “Em segundo lugar, o Lakers não estava disposto a incluir Austin Reaves e/ou o novato Max Christie no acordo se Irving não concordasse com a extensão do contrato de dois anos, de acordo com fontes da liga. O Lakers vê os dois jogadores como membros-chave de seu jovem elenco de apoio, não apenas como substitutos."

    Para finalizar, o jornalista Shams Charania informou que o Nets queria o seguinte acordo para abrir mão de Kyrie Irving:

    Russell Westbrook, Austin Reaves, Max Christie, escolhas de primeira rodada de 2027 e 2029 e troca de outras escolhas futuras. 

    Com mais um capítulo da novela Kyrie Irving pra trás, nos resta saber o que a diretoria do Lakers vai tirar da cartola para melhorar o seu elenco antes do prazo final de trocas nesta quinta.

    [adgoogle][/adgoogle]

    Fala aí!