Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    28 de Março de 2023 postado por Renato Campos

    nba_o_efeito_jarred_vanderbilt_na_defesa_do_lakers

    A negociação que resultou na saída de Russell Westbrook foi uma vitória de diversas formas para o Lakers.

    Por um lado, se por si só se livrar de Westbrook tenha sido um ponto positivo, o Lakers trouxe pra casa jogadores de muito valor.

    Para o lugar de Russ, a diretoria trouxe de volta D'Angelo Russell, que é um bom arremessador de três pontos, um bom facilitador, alguém que é muito bom no contra-ataque e que não comete tantos turnovers quanto o armador veterano.

    Pra troca ficar ainda melhor, a diretoria trouxe Jarred Vanderbilt.

    Vanderbilt rapidamente emergiu como um defensor versátil que já deu trabalho para Brandon Ingram, Luka Doncic, Julius Randle e Devin Booker.

    Talvez o valor de Vanderbilt para o Lakers não possa ser medido pelos números e porcentagens de arremessos, mas essas duas estatísticas são um bom indicador de como ele os ajudou.

    Vanderbilt x Doncic


    Classificação defensiva geral

    Vanderbilt saiu do banco em seus dois primeiros jogos, mas tem começado os jogos desde então, dando a ele 15 jogos consecutivos como titular até agora.

    Nesses 15 jogos, um período que começou no dia 15 de fevereiro contra o New Orleans Pelicans de Ingram, o Lakers liderou a NBA em classificação defensiva com a marca de 109,5.

    Em sete dessas 15 partidas, o Lakers manteve o adversário com 110 pontos ou menos. No geral, o time tem uma campanha de 10-5 nesses jogos.

    Vanderbilt x Ingram


    Classificação defensiva com Vanderbilt e Anthony Davis na quadra

    Mas uma estatística ainda mais interessante mostra as novas proezas defensivas do Lakers quando Vanderbilt compartilha a quadra com Anthony Davis.

    De acordo com o site Cleaning The Glass, essas escalações têm uma classificação defensiva de 108,4.

    Com a capacidade de Davis proteger o aro em alto nível, Vanderbilt tem a liberdade de marcar seu adversário no perímetro de maneira agressiva, sabendo que, se não conseguir contê-lo, Davis estará lá pronto para fazer seu trabalho.

    Vanderbilt também é um bom reboteiro. Mesmo quando ele não conquista tantos rebotes, o fato de ele fazer bem o "box out" torna mais fácil para companheiros de equipe como Davis tomar a posse de bola para o Lakers.

    Antes de sua chegada em fevereiro, o time estava tendo muitos problemas na defesa. Parece que esses dias podem ter acabado.

    Fala aí!