Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    17 de Abril de 2023 postado por Renato Campos

    nba_estatisticas_insanas_das_atuacoes_de_reaves_e_hachimura_pelo_lakers

    Se você acreditava que o Lakers poderia surpreender o Grizzlies no primeiro jogo da série de playoffs da NBA, com certeza você não imaginou que teria sido da forma que foi. Apesar de LeBron e Davis estarem em quadra, e terem feito boas atuações, foi Austin Reaves e Rui Hachimura que levaram o Lakers a vitória por 128 a 112.

    Reaves marcou 14 dos seus 23 pontos no último período e Hachimura fez nove dos seus 29 pontos nos últimos 12 minutos, sendo que 21 foram no segundo tempo.

    O grande desempenho inesperado da dupla de coadjuvantes, levou a vários especialistas avaliarem estatísticas diversas. E o resultado foi surpreendente.

    O site SB Nation fez uma lista de estatísticas incríveis da dupla, após a estreia do Lakers nos playoffs. Vamos a elas.

    Melhor atuação da carreira

    Hachimura nunca foi um jogador muito conhecido por seu arremesso de três pontos. Ele tem um aproveitamento de 34,7% em sua carreira carreira e tem aproveitado apenas 29,6% de longa distância nesta temporada para o Lakers.

    Porém, ao acertar cinco de suas seis tentativas no domingo, Rui estabeleceu um novo recorde na carreira.

    O único jogo da carreira de Hachimura em que ele acertou quatro bolas de três foi em Washington em março de 2021. Ele teve apenas 15 jogos com três cestas de três e nenhum deles aconteceu em Los Angeles.

    Fazendo companhia a uma lenda do Lakers

    Ao marcar 29 pontos, Hachimura estabeleceu uma série de marcas no Lakers. É a primeira vez que um Laker marca pelo menos 25 pontos saindo do banco em um jogo de playoff desde Magic Johnson há quase três décadas.

    Ruy também empatou com Mychal Thompson em número de pontos por um reserva em um jogo de playoff na história da franquia.

    Austin Reaves se iguala a Kobe Bryant

    Depois que Rui ajudou o Lakers a chegar aos minutos finais com vantagem, foi Reaves quem selou a vitória para o time. Reaves praticamente colocou a bola embaixo do braço, mesmo com LeBron e Davis em quadra, e tomou as principais decisões no fim do jogo.

    Reaves teve um aproveitamento perfeito de 5–5 no último período, com duas cestas de três pontos e dois lances livres para marcar seus 14 pontos no frame. Isso o colocou junto com dois outros ícones da franquia para desempenhos dominantes no quarto período.

    Ele se juntou a Kobe Bryant contra o Spurs em 2002 e Shaquille O'Neal contra o Pacers em 2000.


    Um time cheio de atributos...

    As grandes atuações de Reaves e Rui combinadas com as de LeBron e Davis marcando 21 e 22 pontos, respectivamente, fizeram com que o Lakers tivesse quatro jogadores com mais de 20 pontos. E isso é algo que não acontece com muita frequência.

    O atual Lakers tem uma série de jogadores que podem se destacar em qualquer partida. Depois de ser o herói do jogo de play-in, Dennis Schroder ficou em segundo plano neste domingo. E depois de ser ineficaz contra o Wolves, D'Angelo Russell terminou a um ponto de marcar 20.

    O desempenho de domingo foi uma vitória memorável para o Lakers e, esperamos, que seja apenas o começo de uma sequência especial nestes playoffs.

    Fala aí!