Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    12 de Junho de 2023 postado por Renato Campos

    nba_robert_horry_sai_em_defesa_e_nick_van_exel_por_conta_de_historia_antiga_no_lakers

    Antes do Lakers começar sua dinastia na década de 2000, o time teve alguns fracassos nos playoffs no final dos anos 90.

    Em 1998, eles foram derrotados pelo Utah Jazz nas finais da Conferência Oeste, quando pensavam que estavam se tornando o próximo grande time da NBA. Antes do jogo 4, o armador Nick Van Exel entoou a frase “1, 2, 3 Cancun” durante um treino da equipe, quando de costume, se grita o nome do time.

    Muitos difamaram Van Exel por isso desde então.

    Mas o companheiro de equipe Robert Horry, disse em um episódio do podcast “All The Smoke”, que tudo o que Van Exel estava tentando fazer era relaxar seu time antes de um jogo de vida ou morte.

    “Veja, as pessoas não entendem de onde isso veio. O 1, 2, 3 Cancun veio quando fomos varridos por Utah, e as pessoas não entendem que não era para ser negativo. Foi para tentar descontrair. Nick estava tentando relaxar o time, porque estávamos perdendo por 3 a 0. Ele disse: 'Cara, vamos sair aqui e jogar solto. Se não, vamos para Cancún. Em três, 1, 2, 3 Cancun. E todo mundo interpretou isso de outra forma."

    Embora Van Exel fosse um All-Star naquela temporada, e um dos jogadores mais dinâmicos do elenco, o Lakers se saiu bem sem ele. Quando o novo técnico Phil Jackson chegou para a temporada 1999-2000, o time venceu três campeonatos consecutivos da NBA e estabeleceram as bases para uma dinastia.

    Fala aí!