Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    28 de Agosto de 2023 postado por Renato Campos

    brandon_ingram_mostra_insatisfacao_apos_estreia_na_copa_do_mundo_fiba

    O desempenho da seleção dos EUA na Copa do Mundo Fiba teve um começo promissor, no entanto, Brandon Ingram está atualmente lidando com a tarefa de definir seu papel dentro da equipe.

    Ao expressar suas reflexões, Ingram compartilhou com Joe Vardon, do The Athletic, "Esta situação é completamente diferente do que estou habituado. Embora a equipe esteja conquistando vitórias no momento, não posso ser egoísta e focar apenas em mim. No entanto, sinto certa frustração no momento e estou em busca de maneiras para ser mais efetivo."

    Brandon Ingram marcou apenas dois pontos em 15 minutos

    Na partida de estreia da equipe dos EUA contra a Nova Zelândia, Ingram anotou somente dois pontos em 15 minutos. Esse sumiço perpetua uma tendência que se fez presente ao longo da fase de preparação, com Ingram mantendo uma média de apenas 7,8 pontos nos jogos amistosos.

    Isso contrasta consideravelmente com a média de 24,7 pontos por jogo que Ingram teve com o New Orleans Pelicans.

    Steve Kerr sabe que o momento de Ingram não é bom

    O treinador da seleção dos EUA, Steve Kerr, observou: "Nada parece estar favorecendo Brandon no momento. Ele não teve muitas oportunidades, mas acredito que isso mudará. Sinto que a sua hora está chegando. Ele apenas precisa persistir. O que aprendi com a FIBA é que a cada noite surge um novo destaque. Eu não teria previsto que Paolo (Banchero) seria o cestinha na última noite, mas os 12 jogadores são tão talentosos que apenas alguns arremessos certos podem desencadear o potencial de qualquer um deles. Espero que isso ocorra com B.I."

    Ingram é um dos quatro jogadores do elenco da seleção dos EUA que já participaram do All-Star, portanto, era natural que ele desempenhasse um papel de liderança. No entanto, ele ainda não teve grande destaque, visto que Anthony Edwards surgiu como o jogador de destaque da equipe, bem acompanhado por Austin Reaves.

    Paolo Banchero foi quem liderou a equipe dos EUA contra a Nova Zelândia, marcando expressivos 21 pontos.

    Confira os melhores momentos da estreia dos Estados Unidos na Copa do Mundo de Basquete


    Fala aí!