Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    02 de Agosto de 2023 postado por Renato Campos

    nba_o_grande_dilema_do_lakers_para_a_temporada_2023-24

    Na última temporada, Anthony Davis jogou praticamente todos os seus minutos na posição de pivô, e embora ele tenha tido, indiscutivelmente, sua melhor temporada, houve pedidos para que ele começasse como ala, como o fez durante a temporada de título do Lakers em 2020.

    A equipe pode ter dado indícios de que pretende seguir exatamente essa abordagem ao contratar o pivô Jaxson Hayes. Hayes é um pivô ágil, com 23 anos e que pode correr por toda quadra, finalizar com força e bloquear arremessos, possuindo um perfil semelhante ao de JaVale McGee, que foi titular na posição 5 durante a temporada de 2019-2020.

    Lakers está na busca de mais um pivô para seu elenco

    De acordo com Jovan Buha, o Lakers está confiante de que Hayes pode começar ao lado de Davis nesta temporada, formando uma dupla promissora.

    "Isso é antes de mencionar Jaxson Hayes, em quem a equipe está confiante de que pode começar e desempenhar um papel de destaque, ao lado de Davis em escalações de dois jogadores de garrafão."

    No entanto, Buha também observou que tal escalação pode ser problemática.

    "Para ser claro, o plano teórico do Lakers de utilizar dois grandes jogadores no garrafão, que o gerente geral Rob Pelinka disse repetidamente como uma possível estratégia para a próxima temporada, não faz muito sentido - pelo menos não com esta formação de elenco.

    LeBron pode se sacrificar com mudança de posição de Davis

    "Jogar com Davis ao lado de Hayes e/ou outro pivô forçaria LeBron James, Rui Hachimura e/ou Jarred Vanderbilt a atuarem mais como alas-pivôs. Exigir que James, em particular, defenda alas de alto nível de utilização seria um desgaste físico muito pesado. Além disso, criaria muitos cenários em que o Lakers provavelmente teria três jogadores não tão eficientes no arremesso em sua formação de ataque.

    A ideia é que uma formação com Davis atuando como ala-pivô e um pivô legítimo na posição 5 tornaria o Lakers mais forte defensivamente. Além disso, aliviaria Davis da necessidade de gastar muitos minutos marcando jogadores como Nikola Jokic, do Denver Nuggets."

    Esse é sem dúvida o maior dilema do Lakers para a próxima temporada da NBA.

    Fala aí!