Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    03 de Setembro de 2023 postado por Renato Campos

    copa_do_mundo_fiba_reaves_tem_problemas_e_estados_unidos_perde_a_primeira

    Em um surpreendente resultado para a equipe americana, a Lituânia saiu vitoriosa em um emocionante jogo neste domingo, vencendo por 110-104. O resultado deu à Lituânia a liderança do Grupo J no torneio da Copa do Mundo da FIBA.

    Enquanto a equipe dos EUA ainda avança para as quartas de final, agora enfrenta o desafio de vencer a Itália para manter suas aspirações no torneio. A atuação dos EUA foi inconstante ao longo da partida, com Anthony Edwards e Mikal Bridges como os únicos destaques no jogo. Edwards marcou 35 pontos com um aproveitamento de 14-26 nos arremessos, enquanto Bridges contribuiu principalmente no segundo tempo, anotando 14 pontos.

    O jogador do Lakers, Austin Reaves, teve problemas com faltas, acumulando cinco e sendo obrigado a ficar no banco na maior parte do confronto. Ele terminou o jogo com apenas sete pontos e quatro tentativas de arremesso.

    Lituânia mostrou seu poder desde o início do jogo

    Desde o começo, a Lituânia mostrou domínio em diversas áreas do jogo. Atacaram efetivamente o garrafão, dominaram os rebotes e acertaram suas primeiras nove tentativas de três pontos. O controle foi tão absoluto que o time abriu uma vantagem de 17-8 logo de início.

    A equipe americana sofreu defensivamente, principalmente devido a faltas rápidas cometidas por Jaren Jackson Jr. Este foi, sem dúvida, o desafio mais difícil enfrentado pelos EUA na Copa do Mundo até agora.

    Austin Reaves, que foi substituído no final do primeiro quarto, pelo menos fez bom uso da linha de lance livre, acertando todas as suas quatro tentativas na primeira metade. No entanto, assim como no jogo anterior contra a Jordânia, ele teve dificuldades em encontrar espaços para arremessar e também ficou em problemas com faltas.

    Edwards foi o único destaque do time americano

    Edwards foi praticamente o único jogador americano a se destacar no ataque, anotando 16 pontos no primeiro tempo. No entanto, a Lituânia continuou superior, e tinha uma vantagem de 26-15 em rebotes, levando a uma liderança de 54-37 no intervalo.

    A equipe dos EUA mostrou sinais de vida no início do terceiro quarto, impulsionada por uma defesa mais agressiva que resultou em três turnovers. Com isso, iniciaram uma sequência de 13-2 no marcador. Bridges também se destacou no terceiro quarto, ajudando a diminuir a margem para apenas seis pontos.

    Apesar dos problemas, o técnico Steve Kerr manteve sua confiança em Reaves no quarto final, mas foi forçado a retirá-lo quando ele cometeu mais uma falta. O próprio estilo de jogo agressivo de Reaves, que normalmente é um ponto forte, provou ser uma limitação neste caso.

    A equipe dos EUA fez um esforço valente no último quarto, mas a Lituânia tinha uma resposta para cada cesta sofrida. Um momento crítico veio quando Rokas Jokubaitis acertou um difícil arremesso de três pontos sobre Edwards, deixando claro que a era o dia da Lituânia. Os EUA ainda tentaram uma recuperação com seus próprios arremessos de três pontos, mas foi tarde demais.

    Estados Unidos x Lituânia: Confira os melhores momentos


    Fala aí!