Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    12 de Setembro de 2023 postado por Renato Campos

    lebron_james,_anthony_davis_e_outras_estrelas_da_nba_estao_comprometidos_a_jogar_as_olimpiadas_de_2024

    Mesmo sendo considerada a favorita para levar o ouro na Copa do Mundo da Fiba deste ano, a seleção de basquete dos Estados Unidos acabou não atendendo às expectativas e perdeu para o Canadá na disputa pelo bronze, em uma partida tensa que terminou em prorrogação com o placar de 127-118. Esta foi a segunda Copa do Mundo consecutiva em que a equipe dos EUA não conseguiu uma medalha.

    À medida que as Olimpíadas de 2024 se aproximam, o basquete norte-americano enfrenta o desafio de superar seus recentes fracassos e retornar ao seu tradicional domínio em competições globais. LeBron James e Anthony Davis estão entre os vários talentos da NBA que estão aparentemente dispostos a representar a seleção dos EUA em Paris no próximo ano.

    Curry, Durant, Tatum, Lillard, entre outros, estão também comprometidos a jogarem as Olimpíadas de 2024

    Segundo relatos do The Athletic, LeBron James, que já disputou três olimpíadas e foi duas vezes medalhista de ouro, está não apenas disposto a jogar mais uma vez, mas também está ativamente recrutando outras estrelas da NBA para se juntar a ele. Fontes confirmaram que nomes como Stephen Curry, Kevin Durant, Jayson Tatum e Draymond Green também estão inclinados a se comprometer com a seleção. Outros jogadores como Devin Booker, Damian Lillard, De’Aaron Fox e Kyrie Irving também expressaram forte interesse em participar.

    Preocupação com LeBron e Davis seria a saúde dos jogadores para estarem disponíveis para o Lakers

    No entanto, a participação de LeBron e Davis pode gerar algumas preocupações para os torcedores do Lakers, especialmente considerando o histórico recente de lesões de ambos os jogadores. LeBron, que uma vez foi conhecido por sua durabilidade, só conseguiu jogar mais de 56 partidas em uma das suas cinco temporadas com o Lakers. Agora, aos 38 anos, a gestão de sua condição física é uma prioridade. Da mesma forma, Davis não participou de mais de 70 jogos em uma temporada desde a temporada 2017-18, quando ainda estava com o New Orleans Pelicans.

    Ambos os jogadores já tiveram a experiência de jogar juntos na seleção olímpica que conquistou o ouro em Londres em 2012. Agora, resta saber se eles poderão contribuir para devolver o basquete dos EUA ao seu lugar de destaque nas competições internacionais.

    Fala aí!