Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    10 de Setembro de 2023 postado por Renato Campos

    nba_candidato_a_vaga_final_do_elenco_do_lakers_pode_estar_mais_perto_que_se_imagina

    Depois de muita expectativa, o Lakers finalizou a contratação tão esperada de Christian Wood. Com um contrato de dois anos, Wood leva o número de jogadores do elenco Lakers para 14.

    Na NBA, cada equipe pode ter até 15 jogadores em seu elenco principal. Há sugestões de que o Lakers pode estar planejando deixar uma vaga em aberto para uma futura contratação. No entanto, essa pode não ser a estratégia ideal para a equipe.

    O mercado de aquisições não é tão vasto e só começa a esquentar próximo ao fim do período de trocas. Se for o caso, o Lakers ainda tem a opção de abrir uma vaga via troca.

    Então, quem seria o candidato ideal para a 15ª posição do Lakers? A diretoria não precisa buscar tão longe e pode aplicar a mesma lógica que usaram com Austin Reaves: converter o contrato bidirecional de D’Moi Hodge para um contrato padrão da NBA.

    Hodge mostrou qualidade e tem qualidades que o Lakers precisa

    Por que Hodge seria uma escolha para esta vaga? A razão é clara: ele mostrou muita qualidade. Durante a Summer League, Hodge se destacou, apresentando habilidades que o Lakers valoriza. Sua competência em defesa e seu potencial ofensivo são inegáveis.

    Embora não seja um jogador que vai chamar atenção com dribles fantásticos ou assistências incríveis, Hodge tem a capacidade de defender no perímetro e marcar pontos.

    Hodge, que completará 25 anos em dezembro, já possui uma maturidade que muitos novatos não têm. Ele é mais experiente que vários jogadores, como Vanderbilt e Reddish. Com essa idade, ele já apresenta um jogo consolidado.


    Hodge seria mais um arremessador de qualidade para o Lakers

    A presença de Hodge também adiciona profundidade à equipe em uma posição que pode ser crucial na próxima temporada. Atualmente, o Lakers tem poucas opções de arremessadores, sendo Reaves e Christie os principais nomes. Christie é promissor, mas ainda precisa se consolidar. Com Hodge no elenco, o Lakers terá mais alternativas.

    Como um jogador com contrato bidirecional, Hodge já pode jogar muitas partidas na NBA. Então, qual o motivo de convertê-lo em um contrato principal? Há duas razões: primeiramente, isso permitiria ao Lakers mantê-lo no time por mais tempo. Em segundo lugar, os contratos bidirecionais não são válidos para os playoffs. Embora Hodge possa não ter um papel significativo na pós-temporada, é crucial ter a opção de utilizá-lo se necessário.

    Fala aí!