Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    21 de Setembro de 2023 postado por Renato Campos

    nba_como_o_novo_contrato_de_vanderbilt_mostra_uma_mudanca_de_mentalidade_no_lakers

    Jarred Vanderbilt assinou recentemente uma extensão de contrato de quatro anos no valor de US$ 48 milhões com o Lakers. Essa rápida negociação parece ser um indicativo claro de que ambas as partes estavam ansiosas para continuar trabalhando juntas, enquanto o Lakers se prepara para mais uma temporada como um dos favoritos ao título da NBA.

    Vanderbilt chegou ao Lakers em uma troca que teve grande impacto na temporada passada e rapidamente conquistou a torcida devido à sua versatilidade defensiva, habilidades nos rebotes e energia incansável em quadra.

    Embora a sua contribuição tenha sido limitada durante a longa pós-temporada do Lakers, Vanderbilt ainda é valorizado por sua abordagem de trabalho duro e suas habilidades físicas, o que dá esperança à equipe em relação ao seu papel no futuro.

    Em termos isolados, a extensão de contrato de Vanderbilt parece uma decisão sólida. No entanto, quando consideramos o contexto mais amplo da offseason do Lakers, percebemos uma mudança clara na abordagem da equipe, que levanta algumas questões.

    Construção a partir da base

    Esta não foi uma offseason comum para o Lakers. Em vez de buscar estrelas insatisfeitas ou agentes livres de renome, a diretoria, liderada por Rob Pelinka, optou por uma abordagem diferente.

    Desde o final da temporada, a equipe enfatizou a importância de manter o núcleo que a levou às finais da Conferência Oeste. Isso se concretizou com a renovação de contratos de jogadores que já estavam lá, incluindo a extensão de Vanderbilt, bem como a recontratação de D'Angelo Russell, Austin Reaves e Rui Hachimura.

    Essa estratégia de continuidade também é um investimento no futuro, uma vez que todos esses jogadores são jovens. Russell, o mais velho entre eles, tem apenas 27 anos.

    Ao contrário de offseasons anteriores, o Lakers agora possui uma base sólida. Isso permite à equipe entrar na temporada com pelo menos quatro jogadores (potencialmente mais no futuro) sob contrato por vários anos. Isso não apenas beneficia a equipe em termos de continuidade na quadra, mas também cria oportunidades comerciais mais flexíveis, graças aos contratos favoráveis.

    A nova abordagem de construção da equipe pode trazer resultados positivos, fornecendo uma base sólida para a temporada atual e para o futuro, algo que a equipe não tinha há muito tempo.

    Espaço para melhorias

    Investir a longo prazo em um jogador geralmente implica confiança de que ele pode melhorar durante o período do contrato. Isso envolve o desenvolvimento de habilidades adormecidas, o aprimoramento de pontos fortes e a correção de fraquezas.

    No caso de Vanderbilt, isso é particularmente relevante, já que, aos 24 anos, ele já demonstrou ser um contribuinte valioso, mas ainda tem muito espaço para crescer.

    As qualidades de Vanderbilt são evidentes na defesa, com instintos apurados e ferramentas físicas que o tornam um obstáculo para os adversários. Seu trabalho nos rebotes e sua disposição para fazer o trabalho sujo são elementos valiosos para a equipe.

    No entanto, seu desempenho no arremesso de longa distância, especialmente nos cantos da quadra, precisa de melhorias. Durante os playoffs, 41% dos seus arremessos vieram dessa área, mas ele converteu apenas 24% dessas oportunidades.

    Sua eficiência nesse espaço é fundamental, considerando a tendência da equipe em jogar com escalações maiores. Para maximizar seu potencial, é importante que ele melhore sua eficácia nos arremessos de três pontos, o que contribuirá para manter as defesas adversárias com trabalho.

    O papel de Vanderbilt na rotação

    Vanderbilt teve um impacto imediato no Lakers devido à lacuna na equipe em que ele se encaixou perfeitamente. No entanto, a composição do elenco mudou desde então, com a chegada de outros jogadores e um aumento na profundidade das alas.

    Isso pode tornar o papel de Vanderbilt menos definitivo na rotação da equipe. A equipe agora possui mais opções e estatura, o que pode afetar o tempo de jogo do jogador.

    Apesar disso, ele ainda será uma peça valiosa em determinados confrontos e situações de jogo. Seu compromisso com o trabalho árduo e sua versatilidade o tornam um jogador importante para a equipe.

    Em resumo, a extensão de contrato de Jarred Vanderbilt reflete a abordagem do Lakers nesta offseason, enfatizando a continuidade e o desenvolvimento de jogadores jovens. Embora haja espaço para melhorias em seu jogo, sua versatilidade e energia fazem dele um ativo valioso para a equipe. No entanto, com a equipe mais equilibrada e profunda, seu papel na rotação pode ser afetado, mas ele continuará sendo uma peça importante para o sucesso do Lakers.

    Fala aí!