Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    19 de Setembro de 2023 postado por Renato Campos

    nba_pelinka_teria_sido_demitido_se_nao_fossem_pelas_contratacoes

    No começo da última temporada, o Lakers enfrentava desafios significativos, lutando com uma formação desbalanceada e falta de apoio ofensivo para as estrelas LeBron James e Anthony Davis.

    Contudo, uma reviravolta aconteceu no fim de janeiro. Primeiro, o time adquiriu o ala Rui Hachimura, um reforço eficaz no ataque, sem abrir mão de muito. Pouco depois, negociaram a saída do controverso Russell Westbrook em troca do armador D’Angelo Russell e do especialista defensivo Jarred Vanderbilt. Todos os três jogadores assinaram extensões de contrato durante a offseason para permanecerem com a equipe.

    Stephen A. Smith, comentarista da ESPN, expressou em um episódio do programa "First Take" que, se essas aquisições não tivessem ocorrido, é provável que o gerente geral do Lakers, Rob Pelinka, teria sido demitido pela proprietária do time, Jeanie Buss.

    "Vou te dizer o que eu sei", afirmou Smith. "Se essas trocas não tivessem ocorrido, se você não tivesse conseguido D’Angelo Russell e Vanderbilt — e Hachimura anteriormente — Rob Pelinka estaria fora do jogo. Jeanie Buss teria puxado o plugue. Pelinka tem feito um trabalho espetacular desde então."


    Pelinka foi cirúrgico no meio da temporada e ajudou o time a chegar as finais do Oeste

    Antes dessas transações cruciais de meio de temporada, torcedores clamavam pela saída de Pelinka, em grande parte devido à sua decisão de trazer Westbrook em 2021 e não conseguir manter Alex Caruso, um dos favoritos da torcida. No entanto, o cenário mudou. Pelinka agora recebe reconhecimento tanto de torcedores quanto de analistas, por ter reconstruído o Lakers em um sério candidato ao título, agora contando com uma jovem base talentosa em torno de James e Davis.

    Fala aí!