Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    03 de Setembro de 2023 postado por Renato Campos

    nba_porque_d_angelo_russell_pode_acabar_na_reserva_do_lakers

    A ideia de D'Angelo Russell ser rebaixado para o papel de sexto homem pode não ser a conversa mais agradável entre ele e o técnico Darvin Ham, mas pode ser benéfica tanto para o jogador quanto para o time.

    O Lakers ter assinado um contrato de três anos, no valor de US$33 milhões totalmente garantidos com Gabe Vincent, enquanto Russell obteve um acordo de um ano com uma opção de jogador (totalizando US$ 36 milhões), talvez indique uma falta de confiança na franquia com Russell. Essa suspeita ganha força, especialmente após sua remoção da formação titular no quarto jogo das Finais do Oeste contra o Denver Nuggets.

    Entre Russell e Vincent, você pode dizer que o primeiro tem maior potencial, mas também é mais inconsistente. Em um elenco que já inclui nomes como LeBron James, Anthony Davis e Austin Reaves, ter Vincent como armador principal poderia dar ao Lakers uma presença mais estável na quadra.

    Mudança pode ser benéfica para D'Angelo Russell

    Para Russell, a mudança pode oferecer um novo conjunto de oportunidades. Jogando com a segunda unidade, ele teria mais liberdade para pontuar, algo que foi limitado na última temporada com o Lakers, onde sua taxa de uso foi de apenas 22,6%, bem abaixo dos 31,9% que teve durante sua temporada All-Star com o Brooklyn Nets em 2018-19.

    Enquanto Russell tem o potencial para marcar 30 pontos em jogos esporádicos, Vincent pode oferecer uma liderança mais equilibrada e com menos erros (apenas 1,4 turnovers por jogo) para a primeira unidade, permitindo que as estrelas do time desempenhem seu melhor jogo. Portanto, tal mudança pode ser uma situação vantajosa para todos os envolvidos.

    Qual sua opinião. Conta pra gente.

    Confira os melhores momentos de D'Angelo Russell no Lakers


    Fala aí!