Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    21 de Setembro de 2023 postado por Renato Campos

    nba_porque_o_lakers_nao_vai_entrar_na_negociacao_por_buddy_hield

    O Lakers está a um passo de concluir a formação de sua equipe para o início da temporada regular. Com 14 jogadores em seu elenco principal, a diretoria parece contente em iniciar a temporada deixando a 15ª vaga disponível. Contudo, as circunstâncias podem transformar-se rapidamente na NBA, sendo evidenciada pela situação entra o Indiana Pacers e Buddy Hield.

    Hield foi negociado para o Pacers pelo Sacramento Kings na temporada 2021-22, juntamente com o armador Tyrese Haliburton, após meses de especulações ligando-o ao Lakers. Ao se integrar à equipe de Indiana, os rumores persistiram, com uma possível transferência envolvendo Hield e Myles Turner para Los Angeles sendo debatida por meses, até finalmente não se concretizar.

    Desde sua transferência de Sacramento, Hield continua a ser um integrante do Pacers e agora está no último ano de seu contrato de quatro anos, no valor de US$ 94 milhões, inicialmente assinado com o Kings. Entretanto, surge um aparente desacordo entre Hield e o Pacers, e uma troca mútua está supostamente sendo negociada, conforme relatado por Shams Charania do The Athletic.

    "Depois que as negociações de extensão de contrato estagnaram, Buddy Hield e o Indiana Pacers iniciaram um diálogo para trabalhar na busca de uma troca potencial, disseram fontes da liga."

    Para os torcedores do Lakers, essa situação é bastante conhecida, com rumores de negociações envolvendo Hield circulando há mais de dois anos. Contudo, pela primeira vez desde as primeiras discussões sobre a ida de Hield para o Lakers, a diretoria não parece estar interessada em conversas, mesmo com a inclinação do gerente geral Rob Pelinka pelo jogador.

    Pelinka provavelmente mantém seu interesse, porém, as limitações comerciais do Acordo Coletivo de Trabalho tornam um contrato por Hield inviável para o Lakers.

    Lakers não tem como equiparar salários mesmo se quisesse ter Hield em seu elenco...

    O primeiro obstáculo são as regras de equiparação salarial em transações para equipes acima do limite salarial. O Lakers está acima do limite, mas abaixo da luxury tax, permitindo ao time receber apenas 125% do salário que despenderem em uma negociação. Isto é, ao negociar US$ 10 milhões, só podem adquirir US$ 12,5 milhões em retorno.

    Dada a onda recente de novos contratos nesta offseason, quase todos os membros do Lakers não estão disponíveis para transações. Excluindo LeBron James e Anthony Davis, o Lakers possui apenas US$ 10,1 milhões em salários negociáveis: Jarred Vanderbilt, Max Christie e Jalen Hood-Schifino.

    Portanto, até 15 de dezembro, quando a maioria dos jogadores se tornará disponível para transações, eles não podem alcançar o valor de US$ 18,6 milhões de Hield. Isso envolve jogadores como D’Angelo Russell, Rui Hachimura, Austin Reaves, Gabe Vincent, Taurean Prince, Christian Wood, Jaxson Hayes e Cam Reddish.

    O Lakers também está enfrentando restrições de limite de despesas, estando aproximadamente US$ 5 milhões abaixo deste limite. Isso implica que o time não pode adquirir valores significativos em qualquer transação sem ultrapassar o teto financeiro.

    Se Hield continuar no Pacers até dezembro, uma transação com o Lakers poderia ser uma possibilidade. Contudo, se Hield for transferido antes da temporada começar, definitivamente não será para Los Angeles.

    É válido considerar também que o Pacers está inclinado a negociar Hield, provavelmente, devido à falta de um acordo para uma extensão contratual. Assim, qualquer equipe que o adquira, provavelmente, buscará estender seu contrato, situação que, no momento, não se alinha com os interesses do Lakers.

    Fala aí!