Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    05 de Outubro de 2023 postado por Renato Campos

    nba_a_expectativa_do_lakers_sobre_mais_uma_temporada_de_lebron_james

    A última vez que vimos LeBron James em ação no Lakers ele estava enfrentando uma lesão no pé, jogando praticamente todos os 48 minutos do Jogo 4 das finais da Conferência Oeste, apesar de estar claramente limitado.

    É inegável que ele ainda conseguia impor sua presença dentro de quadra, sua força era incomparável entre os jogadores de sua posição. Porém, quando ele tentava atacar com mais força, a sua aceleração parecia ter desaparecido. Sua capacidade atlética estava em baixa. E, com isso, parte do seu diferencial também não estava ali.

    Mas, para aqueles que testemunharam os primeiros dois dias de treinamento do Lakers, essa versão de LeBron James parece ser uma lembrança distante. Aos 38 anos, ele parece estar desafiando o tempo com sua velocidade e explosividade.


    Darvin Ham se empolga com condição física de LeBron James

    O técnico Darvin Ham declarou confiante: "Ele está 100% saudável. Ele está ótimo. Ele parece o LeBron do terceiro ou quarto ano."

    Essa afirmação contrasta com a imagem de James no final da temporada anterior, quando ele voltou após uma lesão grave no pé. No entanto, durante a offseason e os primeiros dias de treinamento, seus colegas de equipe estão vendo a versão atemporal do maior cestinha da liga.

    "Ele está bem. Seu nível de energia, sua atividade, ele está mudando o jogo de ponta a ponta da quadra. Definitivamente, parece ter mais elasticidade e vitalidade em seus passos", afirmou Jarred Vanderbilt após um treino recente. "Estamos felizes por tê-lo de volta a 100%. Como eu disse, ele ainda está se movendo como um trem de carga."

    LeBron quer testar os seus limites

    James revelou na segunda-feira, durante o Media Day, que estava pronto para testar seus limites:

    "Grande parte do meu foco neste verão foi no meu pé, e consegui voltar ao estado antes da lesão, como estava antes do jogo de 26 de fevereiro contra o Dallas, quando praticamente rasguei todo o tendão do meu pé direito. Este verão tem sido fundamental para a minha reabilitação, e meu pé tem respondido muito bem aos treinos da offseason. Estou ansioso para ver como ele reage durante o training camp e a pré-temporada, até o início da temporada regular. Estou animado para ver onde estou hoje."


    Ham enfatizou que, apesar de James parecer rejuvenescido, a equipe ao seu redor também evoluiu. Se tudo correr conforme o planejado para o Lakers, James terá mais apoio, como teve durante as finais da Conferência Oeste, quando cedeu momentos decisivos para jogadores como Anthony Davis, Austin Reaves, D'Angelo Russell e o já não mais no time Lonnie Walker IV.

    "Ele pode escolher seus momentos agora. Ele é mais velho e mais sábio dentro e fora da quadra. Ele é muito estratégico na escolha de quando ser agressivo", explicou Ham. "E agora, ele tem muito suporte. Isso só o ajudará a manter sua explosividade por períodos mais longos durante a temporada. Quando alcançarmos nossos objetivos, ele estará em plena forma."

    Depois do ano anterior, em que a equipe não teve a mesma ajuda, a fé de contar plenamente com seus companheiros parece estar firme.

    "Ele será o líder, nos ajudando a traçar estratégias e a enfrentar nossos oponentes, assim como fez no ano passado", disse Ham. "Mas, este ano, temos jogadores como Gabe Vincent. AD está fazendo grandes jogadas. D-Lo está fazendo o seu papel. Austin... Ele tem ajuda. Rui Hachimura, Christian Wood. Temos ajuda em todos os lugares. Eles vão faz arremessos importantes nos momentos cruciais. Com base nisso, LeBron poderá escolher quando ser agressivo. Queremos que ele seja agressivo, mas, mais uma vez, ele é provavelmente o jogador de elite mais altruísta que já vimos. Ele simplesmente toma as decisões certas em quadra. E agora, com esses reforços em torno dele e de AD, tudo será ainda mais incrível."

    Fala aí!