Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    25 de Outubro de 2023 postado por Renato Campos

    nba_o_que_aconteceu_com_anthony_davis_no_segundo_tempo_de_lakers_e_nuggets

    A jornada de Anthony Davis na pré-temporada do Lakers, desde ser exaltado como uma lenda do time por LeBron James até as instruções do técnico Darvin Ham para aumentar seus arremessos de três pontos, apontava para um novo patamar em sua carreira. No entanto, a partida de estreia contra o Denver Nuggets expôs uma realidade mais complexa.

    Na primeira metade do jogo, Davis impôs sua presença dominante, anotando 17 pontos em 11 arremessos e executando enterradas marcantes, o que manteve o Lakers na briga pelo jogo, apesar de estarem nove pontos atrás no placar. A atuação de Davis sugeria que ele poderia liderar a equipe a vitória, caso houvesse um aumento nos acertos dos arremessos de três pontos e nos rebotes.

    Davis simplesmente não pontuou no segundo tempo

    Contudo, o que se viu foi um desaparecimento inesperado de Davis na segunda metade. Ele não foi ficou de fora ou sofreu alguma lesão. Davis simplesmente não teve o mesmo impacto. Com apenas seis tentativas de cesta e zero pontos marcados após o intervalo, o Lakers acabou perdendo o ímpeto, especialmente nos momentos sem LeBron James em quadra. A mudança drástica na performance de Davis, de uma presença dominadora para uma apatia surpreendente, gerou perplexidade.

    Davis atribuiu sua performance abaixo do esperado na segunda metade do jogo à estratégia defensiva do Nuggets, que incluiu marcação dupla e congestão no garrafão. Ele reconheceu que, apesar de tentar envolver os companheiros de equipe com passes decisivos, falhou em converter jogadas cruciais. Mesmo com companheiros como Rui Hachimura e Gabe Vincent recebendo e errando arremessos abertos, Davis admitiu que precisava ser mais assertivo nos chutes.

    Lakers tentou mudar estratégia para facilitar trabalho de Davis

    Darvin Ham disse na coletiva de imprensa pós-jogo, que tentou variar a utilização de Davis em quadra, incluindo jogadas de ataque mais diretas e agressividade no pick and roll e post-ups. Ham enfatizou a necessidade de Davis se manter agressivo, apontando para futuras análises de vídeos do jogo em busca de melhorias táticas.

    Apesar de ser apenas o primeiro jogo da temporada, as questões levantadas refletem desafios contínuos na trajetória de Davis: inconsistência na agressividade e na decisão de arremessar, além de desaparecer nos momentos em que se espera liderança.

    Com a possibilidade de LeBron James reduzir seus minutos em quadra nesta temporada, aumenta a necessidade de que outros jogadores, especialmente Davis, se sobressaiam. A capacidade do Lakers de triunfar, especialmente em jogos cruciais na competitiva Conferência Oeste, pode depender significativamente do papel de Davis e de sua capacidade de responder às expectativas como líder dentro e fora de quadra.

    Lakers x Nuggets: confira os melhores momentos


    Fala aí!