Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    22 de Novembro de 2023 postado por Renato Campos

    lakers_deita_e_rola_contra_o_jazz_e_vence_quarta_seguida_na_copa_da_nba

    Após perder cinco dos primeiros oito jogos no início da temporada, o Lakers parece que está encontrando seu ritmo e começando a construir uma química bastante interessante em quadra.

    Depois de conquistar uma vitória por 105-104 sobre o Houston Rockets no domingo, LeBron e companhia entraram em quadra nesta terça-feira para o seu quarto e último jogo da fase de grupos da Copa da NBA contra o Utah Jazz. O Lakers dominou em todos os aspectos e terminou a noite com uma vitória de 131-99, aproveitando uma das piores defesas da NBA.

    Lakers começou a partida forte e abriu grande vantagem

    O Lakers superou uma tendência negativa no início da temporada ao assumir uma liderança de 32-17 no final do primeiro período e nunca mais ficou para trás no placar. O time aumentou sua liderança para até 39 pontos, o que significou bastante tempo para descanso de LeBron e Davis. Esta vitória também significa que o Lakers tem o mando de quadra no jogo das quartas de final, que ocorrerá na primeira semana de dezembro.

    O time definitivamente jogou seu tipo de jogo nesta noite. Permitiu que o Jazz acertasse apenas 38,8% dos arremessos, o que ajudou a resultar 24 pontos em contra-ataques rápidos, enquanto segurava o time de Utah com apenas oito pontos nesse quesito. 

    O Lakers tem agora uma sequência de três vitórias e ganhou seis dos últimos sete jogos. Além do bom resultado, o Lakers deve estar relativamente descansado para o jogo de logo mais contra Luka Doncic, Kyrie Irving e o Dallas Mavericks, que está tem hoje uma campanha de 9-5.

    Davis fez seu trabalho dentro do garrafão

    Davis se destacou no garrafão desde os primeiros momentos da partida. Ele converteu várias bolas perto do aro em sequências de pick-and-roll e se movimentou muito bem sem a bola, e ele fez um ótimo trabalho nos rebotes ofensivos, o que levou a muitas cestas fáceis.

    Nosso pivô terminou com 26 pontos em 11 de 14 arremessos, 16 rebotes (cinco deles ofensivos), quatro assistências e dois roubos de bola em 29 minutos. Curiosamente, Davis não bloqueou nenhum arremesso, marcando o primeiro jogo desta temporada em que ele não conseguiu registrar um bloqueio. 

    Quando Russell joga bem, dificilmente o Lakers perde

    Russell esteve bem com seus arremessos de perímetro nesta noite. Ele acertou 7 de 9 arremessos no total e 3 de 4 de três pontos, totalizando 20 pontos, e também distribuiu oito assistências sem desperdiçar nenhuma bola.

    Esta foi uma resposta excepcional de Russell depois de ter acertado apenas 1 de 8 arremessos no domingo contra o Houston. Após um início de ano inconsistente nos arremessos, ele pode estar começando a encontrar seu jogo.

    LeBron chegou a marca dos 39 mil pontos

    James tornou-se o primeiro jogador a alcançar 39.000 pontos na carreira ainda no primeiro período. Ele teve mais uma performance de alto nível com 17 pontos em 6 de 10 arremessos no total e 3 de 5 de três pontos, além de adicionar nove assistências e sete rebotes.

    A melhor parte da atuação de James foi o fato de ele ter jogado apenas 24 minutos. Ele entrou neste jogo com uma média de 34,4 por partida, o que é demais para ele neste ponto de sua carreira. Jogos dominantes como esta irão ajudar muito a mantê-lo saudável durante toda a temporada, aumentando as chances do Lakers de buscar vencer mais um título da NBA.

    Destaques do jogo

    Lakers

    James: 17 pts, 7 reb e 9 ast.

    Davis: 26 pts, 16 reb e 4 ast.

    Russell: 20 pts, 3 reb e 8 ast.

    Reaves: 19 pts, 5 reb e 5 ast.

    Wood: 16 pts, 8 reb e 2 ast.

    Hachimura: 12 pts, 6 reb e 1 ast.

    Hayes: 10 pts, 2 reb e 1 ast.

    Christie: 7 pts, 5 reb e 4 ast.

    Jazz

    Yurtseven: 18 pts, 6 reb e 1 ast.

    Collins: 15 pts, 4 reb e 1 ast.

    Sexton: 14 pts, 3 reb e 4 ast.

    Markkanen: 10 pts e 8 reb.

    Lakers x Jazz: melhores momentos


    Fala aí!