Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    16 de Dezembro de 2023 postado por Renato Campos

    desfalcado,_lakers_nao_encontra_respostas_para_o_fraco_time_do_spurs

    Na última quarta-feira, o Lakers quase desperdiçou uma vantagem de dois dígitos para o San Antonio Spurs, uma equipe que entrou no confronto com a pior campanha na Conferência Oeste e uma sequência de 17 derrotas. O Lakers conseguiu segurar a vitória por três pontos, mas o técnico Darvin Ham chamou a atenção da equipe depois da partida de que eles precisavam fazer um trabalho melhor.

    A arrancada tardia do Spurs naquele jogo acabou sendo um presságio do que aconteceu nesta sexta-feira entre as mesmas duas equipes.

    O time de San Antonio começou o jogo atacando o Lakers e construindo uma vantagem de 42-22 ao final do primeiro período. Isso resultou em um total de 87 pontos no quarto período na quarta-feira e no primeiro período do jogo de ontem, contra LeBron James e companhia.

    Lakers estava sem Davis, Russell e Reddish

    O Lakers entrou em quadra sem Anthony Davis, D'Angelo Russell e Cam Reddish. Com um elenco desfalcado, o Lakers nunca foi realmente capaz de ameaçar a equipe da casa.

    O Lakers até teve uma breve sequência em que chegou a ficar com 69-64 no início do terceiro período. No entanto, Victor Wembanyama e o resto do Spurs rapidamente aumentaram a vantagem para dois dígitos novamente, e acabaram vencendo por 129-115.

    Wembanyama fez sua presença ser sentida na defesa, e o Lakers não conseguiu encontrar uma solução. Ele marcou 13 pontos, 15 rebotes, cinco assistências, duas roubadas de bola e dois tocos, mas esses dois tocos não contam toda a história, pois ele atrapalhou inúmeras outras tentativas de arremessos perto do aro.

    Mesmo que o Lakers continuamente tenha deixado o Spurs abertos para arremessos de 3 pontos, seu ataque também foi ineficiente. O time acertou apenas 30,6% dos arremessos de longa distância, continuando um problema que persiste ao longo da temporada, e foi superados por 21 pontos nesse quesito. O Lakers conseguiu acompanhar estatisticamente o San Antonio em praticamente todas as outras categorias, o que destaca seus problemas em termos de acertos e tentativas de arremessos de 3 pontos.

    O que tornou essa derrota ainda mais dolorosa para o Lakers foi o quão ineficaz o Spurs têm sido durante toda a temporada. O time de Darvin Ham encerrou sua viagem de três jogos na estrada com duas derrotas, e agora tem uma campanha de 15-11 e na sétima colocação no Oeste.

    LeBron não pode fazer muito mais para ajudar o Lakers

    Apesar da incapacidade do Lakers de acertar consistentemente de fora do perímetro, James conseguiu registrar 14 assistências. No entanto, ele acertou apenas 7 de 17 arremessos de quadra e marcou 23 pontos, o que é baixo para ele, especialmente considerando o quão bem ele tem jogado nesta temporada.

    Essa derrota não é necessariamente culpa de James, mas o Lakers poderiam ter se beneficiado mais de sua contribuição em alguns momentos cruciais.

    Reaves voltou ao time titular nesta partida e tentou de tudo

    Reaves começou como titular para este jogo, e ele fez um esforço admirável. Em alguns momentos, parecia que ele estava tentando levar o Lakers de volta para o jogo. Ele tentou o maior número de arremessos da equipe, acertando oito deles, e converteu 4 de 10 tentativas de 3 pontos.

    O armador terminou com 22 pontos, sete rebotes e quatro assistências em 34 minutos.

    Destaques do jogo

    Lakers

    James: 23 pts, 14 reb e 7 ast.

    Reaves: 22 pts, 7 reb e 4 ast.

    Hachimura: 20 pts, 5 reb e 4 ast.

    Wood: 17 pts, 8 reb e 3 ast.

    Spurs

    Wembanyama: 13 pts, 15 reb e 5 ast.

    Vassell: 36 pts, 6 reb e 3 ast.

    Branham: 12 pts, 4 reb e 8 ast.

    Collins: 16 pts, 6 reb e 1 ast.

    Spurs x Lakers: melhores momentos do jogo


    Fala aí!