Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Raphael Philipe

    08 de Dezembro de 2023 postado por Raphael Philipe

    nba_anthony_davis_e_lebron_james_explicam_confianca_em_austin_reaves

    Com o jogo em xeque, existem poucos, se houver, jogadores na história da NBA que você preferiria ter a bola nas mãos do que LeBron James. Como ele constantemente lembra as pessoas, inclusive este ano, ele vai fazer a jogada certa e criar um bom arremesso com muito mais frequência do que o contrário.

    Ele também é alguém que está mais do que disposto a assumir o controle de um jogo, especialmente um grande jogo, no final, em vez de deixar outros ditar o resultado.

    Isso é pelo menos parte do motivo pelo qual é absolutamente surpreendente que LeBron esteja tão aberto em delegar para Austin Reaves no final de jogos importantes. O jogo contra o Suns na última terça não foi a primeira vez que ele permitiu que o armador assumisse a posse mais importante no final, mas foi mais um lembrete da confiança que as estrelas do Lakers têm nele.

    "É o Austin. Ele fez isso", disse Anthony Davis após a vitória de terça-feira. "Ele fez inúmeros arremessos importantes para nós, grandes jogadas. Confiamos na bola em suas mãos... Temos muita confiança nele e no que ele pode trazer para nossa equipe e sua habilidade de marcar a vontade ou de sofrer faltas. Seja no final do jogo, no meio do jogo ou no início do jogo, sentimos que podemos recorrer a ele a qualquer momento e ele pode fazer uma jogada."

    Semelhante a LeBron, Reaves é alguém que fará a jogada certa nessas situações. LeBron percebeu isso há muito tempo e isso o tornou ainda mais disposto a delegar a ele nesses momentos.

    Não é de hoje que LeBron e AD depositam confiança em Reaves

    Na verdade, foi o jogo em Memphis para abrir os playoffs que viu a primeira grande demonstração de confiança de LeBron em Reaves e o momento em que Austin falou sobre ter mudado o relacionamento em quadra entre os dois. Talvez fosse tão simples quanto LeBron, sempre observador, notar o trabalho que Reaves colocou e acreditar que esse trabalho daria frutos, como o próprio Reaves fez.

    "Eu apenas confio em mim mesmo e no trabalho que coloquei", disse ele. "Olhei para o lado e o Bron estava apontando para mim. AD tinha a bola e a passou para mim e fez um bloqueio e, nesse ponto, não há mais nada a fazer além de fazer uma jogada. Eu fiz o arremesso e fomos para casa felizes."

    O jogo de terça-feira pode não ter sido um jogo de playoffs, mas teve o mesmo clima e certamente não foi um jogo comum. Neste ponto, não há jogo ou momento em que LeBron e AD não confiariam em Reaves para ter a bola quando importa.

    Fala aí!