Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Paula Sartório

    27 de Dezembro de 2023 postado por Paula Sartório

    robert_horry_conta_historia_sobre_uma_expulsao_de_dennis_rodman_de_um_treino_no_lakers

    Durante a temporada encurtada de 1999, o Lakers tinha Shaquille O'Neal, na época o jogador mais dominante da NBA, e um jovem astro em ascensão chamado Kobe Bryant. No entanto, apesar de todo o seu talento natural, eles não tinham chegado perto de conquistar um campeonato.

    Naquele ano, eles precisavam de um ala-pivô, e a diretoria sentiu que trazer Dennis Rodman de volta à ativa era a solução.

    Rodman havia se aposentado recentemente quando a dinastia do Chicago Bulls liderada por Michael Jordan chegou ao fim. Ele foi um dos maiores jogadores defensivos do basquete de todos os tempos e, possivelmente, o maior reboteiro do esporte, mas era um mistério envolto em um enigma. Ninguém, nem mesmo o treinador do Bulls, Phil Jackson, havia descoberto como mantê-lo completamente sob controle.

    Rodman fez a festa em Los Angeles...

    Com o Lakers, Rodman teve um impacto positivo no início, mas suas festas excessivas e excentricidades começaram a prejudicar a equipe. Ele frequentemente chegava atrasado aos treinos, mas uma das poucas vezes em que chegou no horário, ainda conseguiu irritar o treinador principal, Kurt Rambis.

    O companheiro de equipe Robert Horry recordou no "Uninterrupted Podcast" como Rodman levou Rambis à perder a paciência.

    "Na primeira vez que Rodman conseguiu chegar no horário ao treino, ele não tinha tênis porque alguém havia roubado", disse Horry. "Ele entrou lá, sem tênis, e Kurt Rambis já não estava em um bom dia. Ele disse: 'Estou cansado de você [palavrões]. Cai fora daqui.'"

    Após 23 jogos, Rodman foi dispensado pelo Lakers. Durante esse período, ele teve média de 11,2 rebotes em 28,6 minutos por partida.

    No final, o Lakers foi eliminado naquela temporada pelo San Antonio Spurs. Posteriormente, Jackson substituiu Rambis como treinador principal, e o resto é história, já que eles conquistaram três títulos consecutivos da NBA imediatamente e cinco ao longo das próximas 11 temporadas.

    Fala aí!