Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Raphael Philipe

    26 de Dezembro de 2023 postado por Raphael Philipe

    um_dos_maiores_problemas_do_lakers_neste_momento_na_temporada

    Quando o Lakers contratou o pivô Christian Wood na offseason passada, muitos tinham esperança de que ele ajudaria a equipe. Na verdade, alguns estavam realmente empolgados.

    Fazia sentido, pelo menos em algum nível. Wood é um pontuador comprovado que teve médias de 18,1 pontos em 29,3 minutos por jogo, com um aproveitamento de 50,9% nos arremessos nos três anos anteriores. Ele também é um arremessador confiável de três pontos, com uma média de 37,9% em toda a carreira até esta temporada.

    No entanto, até agora, Wood não tem contribuído muito para o Lakers. Não se trata apenas de os números de um bom jogador estarem um pouco abaixo do esperado - ele tem sido uma verdadeira decepção, pelo menos até agora.

    Wood passou de uma peça chave para um jogador praticamente inativo. Em outubro e novembro, o pivô teve médias de 7,3 pontos com 44,7% nos arremessos totais e 26,9% nos arremessos de 3 pontos em 20,7 minutos por jogo. Embora tenha ajudado a equipe nos rebotes com média de 6,1 por partida durante esse período, sua produção ofensiva foi irregular.

    Em 20 jogos durante esse período, ele atingiu dois dígitos em pontuação apenas sete vezes. Compare isso com a temporada passada, quando, como jogador do Dallas Mavericks, ele marcou mais de dez pontos em 54 jogos de 67 disputados.

    Wood praticamente deixou de fazer parte da rotação do Lakers

    Em dezembro, as coisas foram de mal a pior para Wood.

    Ele tem uma média de apenas 12,7 minutos de tempo de jogo por partida e chegou a ficar de fora de cinco jogos. Isso sem incluir o jogo da final da Copa da NBA, no qual ele também não jogou, apesar de estar disponível.

    Wood tinha a reputação de ser um jogador focado apenas na parte ofensiva, com péssima defesa. É difícil dizer exatamente por que ele praticamente saiu da rotação do técnico Darvin Ham, mas o fato é que, mesmo quando jogou minutos significativos, ele não conseguiu jogar em nada próximo do nível que estava nas três temporadas anteriores.

    O jogador de 28 anos era esperado para desempenhar um papel importante vindo do banco como o principal pivô reserva para ajudar Anthony Davis. No entanto, sua falta de produção criou um grande problema, especialmente porque Jaxson Hayes, o único outro pivô reserva da equipe, teve também um impacto mínimo.

    Se há um momento para Wood começar a aparecer e se destacar, é agora. O Lakers, após a derrota para os Celtics no Dia de Natal, têm uma campanha de 16-15, e o tempo está se esgotando para o time fazer uma corrida legítima para o título.

    Fala aí!