Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    24 de Fevereiro de 2024 postado por Renato Campos

    rich_paul_sai_em_defesa_de_lebron_james_sobre_o_torneio_de_enterradas_da_nba

    Após o último Torneio de Enterradas que aconteceu durante o All-Star Weekend de 2024, houve muita discussão sobre a qualidade do concurso como um todo e como ele decaiu recentemente. Alguns até falaram sobre LeBron James nunca ter participado do concurso durante sua carreira, acreditando que isso prejudicou e até arruinou o evento como um todo, com algumas outras estrelas seguindo o exemplo.

    Ao longo da história do torneio, lendas como Michael Jordan e Kobe Bryant participaram em seus anos de juventude, assim como outros All-Stars como Julius Erving, Dominique Wilkins e Vince Carter. Aos olhos de alguns, LeBron deveria ter sido o próximo a participar, mas isso nunca aconteceu.

    Mas a ideia de culpar James pelo declínio do Torneio de Enterradas não é bem aceita por seu agente, Rich Paul. O CEO da Klutch Sports recentemente apareceu em uma transmissão ao vivo com Chris Haynes do Bleacher Report e discutiu sua crença sobre por que o Torneio de Enterradas não é o que costumava ser e por que é injusto colocar isso em LeBron:

    "No que diz respeito ao Torneio de Enterradas, acho que estamos nesse espaço de que as coisas têm que permanecer as mesmas, quando vivemos uma vida onde as coisas evoluem, nada permanece o mesmo... Nada fica o mesmo. Acho que temos essa mentalidade de 'Bem, Mike fez isso e essa pessoa fez isso, então você tem que fazer também.' Bem, na verdade não.

    "Acho que o Torneio de Enterradas era uma coisa quando o atletismo era o que fantasiávamos e era tão glamorizado e era algo que estava sendo empurrado para frente porque a liga estava evoluindo... Você tinha esses caras com atletismo inacreditável e havia um fator uau nisso. Bem, pode não ser um fator uau hoje. Na verdade, estou mais interessado no concurso de três pontos."

    Torneio de 3 pontos se tornou muito mais interessante

    O jogo certamente evoluiu recentemente e, especialmente como Stephen Curry e o campeão consecutivo de 3 pontos, Damian Lillard, mudaram a maneira como o jogo é jogado. Paul continuou a falar sobre o Torneio de Enterradas e até revelou que houve alguns anos passados em que LeBron queria competir:

    "Eu quero focar em como avançamos porque novamente, há tantas enterradas que você pode fazer também. Então, se você quer culpar o Torneio de Enterradas em alguém, então há outros argumentos que você tem que reconsiderar porque o que você está dizendo é, essa pessoa é tão impactante para o nosso jogo que ela pode, sozinha, dizimar algo e isso é um terreno muito escorregadio para se entrar.

    "Eu diria que o Concurso de Enterradas perdeu seu brilho por várias razões e se você olhar para os anos 90, havia vários jogadores All-Star que não fizeram o Concurso de Enterradas... Eu sei que houve vários anos que LeBron realmente queria participar do Torneio de Enterradas. Acho que uma vez ele torceu o tornozelo antes, e assim por diante. Mas isso é opinião de alguém na TV todas as manhãs para dizer o que quer que queiram dizer e eu não tenho argumento com isso. Mas também acho que não podemos ficar presos no Torneio de Enterradas. Temos que avançar e fazer com que seja parte do sábado à noite, mas não necessariamente tem que ser a melhor parte do sábado à noite. Exemplo claro, o concurso de 3 pontos provavelmente deveria acontecer por último. É simplesmente muito mais emocionante hoje."

    Colocar tudo em LeBron é simplesmente injusto. Enquanto teria sido ótimo vê-lo competir no torneio no meio para o final dos anos 2000, essa não é a razão pela qual ele perdeu seu brilho no geral. Como Paul apontou, o arremesso de 3 pontos tomou conta do jogo e simplesmente não há muitas coisas que não vimos no que diz respeito a enterradas.

    Com James em seus últimos anos com o Lakers, agora é a hora de apreciar tudo o que ele fez pelo jogo, não de culpá-lo por festividades do All-Star não mais viverem à altura do hype.

    Fala aí!