Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    23 de Abril de 2024 postado por Renato Campos

    apos_decisoes_bizarras,_lakers_reclama_muito_da_arbitragem_apos_segunda_derrota_para_o_nuggets

    Na lista de derrotas do Lakers para o Nuggets, a de segunda-feira provavelmente foi a mais frustrante. O Lakers dominou o primeiro tempo e parte do terceiro período, construindo uma vantagem de 20 pontos apenas para vê-la desmoronar, culminando em uma cesta no estouro do cronômetro de Jamal Murray.

    A derrota não só é a décima consecutiva contra o Denver, mas coloca o time em um buraco de 2-0 na série. De todas as maneiras, pareceu um soco no estômago que poderia ter sido totalmente evitado.

    Depois do jogo, porém, o Lakers reclamou muito sobre a arbitragem, que certamente teve seus momentos em partes do jogo.

    "Algumas marcações difíceis. Algumas não decisões difíceis. Mas você não pode usar nada disso como desculpa. Você tem que ir lá e estar pronto para fazer jogadas, quer o apito soe ou não. Está ficando muito complicado -- você passa pela temporada, os jogos são arbitrados de uma maneira, e então você chega aos playoffs, e acho que fica para a interpretação dos três caras individuais que estão fazendo o trabalho dentro de quadra."

    Darvin não estava sozinho, nem foi o mais vocal na noite sobre as reclamações. D'Angelo Russell também falou sobre a arbitragem. E se alguém tinha o direito de reclamar delas, era ele.

    O momento mais questionável da noite aconteceu em uma jogada de D'Lo. Depois de avançar em direção à cesta contra Michael Porter Jr., D'Lo foi atingido no rosto e uma falta foi marcada. Denver estranhamente contestou a jogada, mas ainda mais insano foi o fato de os árbitros terem revertido a decisão.


    A marcação foi notavelmente grosseira e certamente voltou para assombrar o Lakers considerando que acabou perdendo. Depois do jogo, LeBron James não poupou palavras ao falar sobre a jogada.

    “Para ser honesto, não entendo o que está acontecendo no centro de replay. ter um centro de replay para que.. Não faz sentido para mim. Não faz sentido para mim."

    D'Lo mesmo recorreu ao Twitter para reclamar da falta não marcada após o jogo.

    "Foi uma falta que todos vimos na transmissão de tv nacional."

    Essa não foi o único lance que não favoreceu os Lakers no jogo. No primeiro tempo, LeBron foi atingido na mão por Murray em uma jogada, mais uma vez, em que os árbitros inicialmente marcaram uma falta, mas depois a revertaram.

    A jogada que provavelmente deixou o Lakers ainda mais indignado veio no último minuto do jogo. LeBron avançou para a cesta e fez uma bandeja em uma jogada em que pareceu ser atingido na cabeça por Murray.


    Na noite, o Lakers arremessaram apenas 13 lances livres. Houve apenas quatro jogos nesta temporada em que o time teve menos. Desde o início de março, a única vez que isso aconteceu foi em uma vitória fácil sobre o Raptors.

    Portanto, o Lakers têm muitos motivos para reclamar. As marcações foram tanto grosseiramente ruins quanto menos frequentes do que haviam sido durante todo temporada.

    Erros de arbitragem não podem ser desculpa para o Lakers

    Ao mesmo tempo, isso provavelmente vai soar como desculpa para nós torcedores. Muitas coisas têm que dar errado para desperdiçar uma vantagem de 20 pontos, e foi isso que aconteceu com o Lakers. E grande parte disso foi autossabotagem. O ataque parou, a defesa não conseguiu marcar o suficiente e tudo se complicou.

    Agora a série vai para Los Angeles, onde os dois times se enfrentam na próxima quinta-feira.

    Fala aí!