Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    11 de Abril de 2024 postado por Renato Campos

    uma_troca_bombastica_envolvendo_lebron_james_e_donovan_mitchell

    Se tem um cara que não para de falar sobre LeBron James, esse cara é Paul Pierce.

    O ex-jogador do Celtics vê um cenário possível onde seu ex-rival vai encerrar sua carreira em Cleveland com seu filho Bronny.

    "Se o Lakers fracassar e perder no play-in, eu consideraria — se eu fosse o LeBron — ser trocado de volta para Cleveland por Donovan Mitchell," disse Pierce no programa "Undisputed" em 9 de abril. "Donovan Mitchell não quer estar lá. Não estamos vendo sinais de que ele queira renovar contrato. Bronny seria recrutado por Cleveland e Bron faria sua turnê de despedida com seu filho naquele último ano. Consigo ver um cenário possível assim acontecendo."


    O Lakers está atualmente na nona posição no Oeste entrando na reta final da temporada regular. Se permanecer em nono, terá um caminho mais difícil para a disputa de um título.

    O Lakers conseguiu isso na temporada passada, saindo do play-in para chegar às finais da Conferência Oeste.

    Mas desta vez, enfrentará um cenário muito mais difícil no torneio play-in. O Warriors, décimo colocado, deve ser o adversário do time antes dos playoffs. E se sobreviver ao time da Bay Area, enfrentará o perdedor entre o New Orleans Pelicans e o Sacramento Kings na outra chave para avançar para os playoffs contra o melhor colocado do Oeste na primeira rodada.

    Como seria uma troca entre LeBron James e Donovan Mitchell

    Para que o cenário de troca de LeBron James por Donovan Mitchell aconteça, James teria que usar sua opção de jogador de $51,4 milhões e solicitar uma troca com a garantia de que o Cavaliers escolha Bronny.

    O Cavaliers têm apenas uma escolha no Draft da NBA em junho, projetada para a posição nº 19, segundo o Tankathon. O nome de Bronny não apareceu em nenhum draft simulado. Bronny se inscreveu para o Draft da NBA de 2024 e também entrou no portal de transferências da NCAA após uma temporada de calouro desastrosa na USC. Ele terá até o fim do dia 29 de maio para decidir se permanece no draft ou volta para a faculdade.

    Cleveland também precisaria adicionar mais contratos para fins de correspondência salarial. O Cavaliers também está sem escolhas de primeira rodada futuras para enviar ao Lakers se precisar uma compensação adicional no Draft.

    O Lakers tem interesse em Mitchell, mas não em troca de LeBron

    Em janeiro, Dave McMenamin, da ESPN, relatou que o Lakers discutiu a possibilidade de trocar por Mitchell se ele estiver disponível.

    "O Lakers discutiu internamente a possibilidade de agrupar três escolhas, juntamente com jogadores que já têm em seu elenco, para ir atrás de uma estrela de verdade, como Donovan Mitchell, do Cleveland Cavaliers, ou Trae Young, do Atlanta Hawks, fontes da equipe disseram à ESPN", escreveu McMenamin em 23 de janeiro.

    O gerente geral e vice-presidente de operações de basquete do Lakers, Rob Pelinka, confirmou que estão procurando uma grande troca nesta offseason depois de permanecerem sem mudanças no prazo de troca de 8 de fevereiro.

    "Não queríamos atirar com uma bala pequena agora que só levaria a melhorias muito marginais às custas de fazer um movimento muito maior e mais impactante potencialmente em junho e julho", disse Pelinka aos repórteres via o Lakers Nation após o prazo de troca de 8 de fevereiro.

    Mitchell poderia ser a próxima estrela a ficar disponível já nesta offseason, segundo Eric Pincus, da Bleacher Report.

    "O burburinho nos círculos da NBA sugere que, a menos que chegue às Finais da NBA, Mitchell recusará uma extensão e buscará outro lugar, e o Cavaliers é mais propenso a negociá-lo bem antes que ele possa sair como agente livre", escreveu Pincus em 5 de abril.

    Mitchell permaneceu não comprometido com uma extensão mesmo depois que o proprietário do Cavaliers, Dan Gilbert, expressou confiança de que um novo acordo é uma questão de quando, não de se.

    "Tenho muitas coisas para me concentrar fora disso agora", disse Mitchell aos repórteres em 30 de março. "Então, vou lidar com isso quando chegar a hora."

    Se Mitchell, de 27 anos, recusar uma extensão nesta offseason, ele entrará no último ano garantido de seu contrato de cinco anos e $163 milhões na próxima temporada. O Lakers estará entre os principais interessados em seus serviços, caso o Cavaliers o disponibilize.

    Fala aí!