Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    23 de Maio de 2024 postado por Renato Campos

    as_chances_de_chris_paul_reforcar_o_lakers_na_proxima_temporada_da_nba

    Não é segredo que o Lakers está procurando fazer pelo menos uma grande adição no elenco nesta offseason. Muitos esperam que LeBron James fique em L.A., e a diretoria precisa maximizar o que resta de sua carreira e sua parceria com Anthony Davis.

    Umas das posições que se espera que o Lakers deposite seu foco, é na armação. O titular D'Angelo Russell tem se saído bem desde que retornou à equipe, mas ele tem tido um desempenho muito abaixo do esperado nos playoffs ao longo de sua carreira.

    Há rumores de que o Lakers está procurando negociar por Donovan Mitchell ou Trae Young neste offseason. Mas se nenhum deles for viável, o time poderia se contentar com um dos amigos mais próximos de LeBron?

    Eric Pincus, do Bleacher Report, disse a Jovan Buha, do The Athletic, que Chris Paul é uma “possibilidade real” para o Lakers na próxima temporada:

    “Eu seria negligente se não mencionasse que Chris Paul é uma possibilidade real”, disse Pincus. “Há uma chance razoável de que ele seja trocado ou simplesmente dispensado pelo Warriors. Ele e LeBron obviamente têm uma relação próxima. Existe um universo onde o Lakers pode assinar um contrato com Chris Paul. Isso faz muito sentido para mim. Chris viria pelo mínimo? Eu não sei. Não quero dizer que ele venha barato para o Lakers, mas na ausência de uma oferta melhor, eu poderia ver isso acontecendo.”

    Chris Paul já despertou interesse do Lakers antes

    Houve rumores de que os Lakers estavam interessados em contratar Paul na última offseason, mas ele acabou se juntando ao Golden State Warriors. O Warriors têm até 28 de junho para decidir o futuro do jogador para a próxima temporada.

    Ele recentemente completou 39 anos de idade, e claramente não é o jogador que era há apenas três anos. Nesta temporada, ele teve médias de 9,2 pontos e 6,8 assistências em 26,4 minutos por jogo, com um aproveitamento de apenas 44,1% nos arremessos de quadra.

    Paul, claro, estava a caminho do Lakers no final de 2011 até que o então comissário da NBA, David Stern, que também era o proprietário interino do New Orleans Hornets na época, vetou a troca.

    O Lakers não têm exatamente sucesso ao trazer futuros membros do Hall da Fama que estão em idade avançada e se aproximando do fim de suas carreiras (veja Gary Payton, Karl Malone, Steve Nash e Carmelo Anthony).

    Mas nunca se deve subestimar o poder que LeBron e sua agência Klutch Sports parecem ter dentro da organização do Lakers.

    Fala aí!