Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    05 de Maio de 2024 postado por Renato Campos

    nba_jason_kidd_surge_como_candidato_a_tecnico_do_lakers

    O Lakers é um time conhecido por agir de forma exagerada por muitas vezes e, até mesmo, de forma surpreendente.

    Basta revisitarmos o passado recente, onde a diretoria do nada trouxe Russell Westbrook e também quando demitiu o experiente Frank Vogel para contratar um novato.

    Agora, após a demissão de Ham, qual será o próximo passo da diretoria do Lakers?

    Na sexta-feira à noite, Dave McMenamin, da ESPN, esteve no SportsCenter para discutir vários tópicos, incluindo se ele acha que o Lakers vai buscar um nome consolidado no mercado.

    Um ponto interessante, foi quando McMenamin falou sobre candidatos específicos e disse o nome de Jason Kidd, um treinador que ainda não tinha sido mencionado.


    Kidd já trabalhou no Lakers com Frank Vogel

    As conexões são óbvias: Kidd foi assistente de Vogel no Lakers campeão da bolha. Ele também é muito próximo de LeBron James e Anthony Davis, tendo jogado com eles na equipe olímpica de 2012.

    Dito isso, Kidd está em uma situação muito confortável agora. Ele já tem duas estrelas em sua equipe, Luka Doncic e Kyrie Irving. Ele tem um elenco que complementa esses caras e está na segunda rodada dos playoffs.

    Por que ele deixaria tudo isso para ir para o Lakers? Ele não tem conexão com a franquia além de ser assistente técnico. Luka é um dos principais astros da próxima geração da NBA, enquanto os do Lakers estão envelhecendo.

    Além de Kidd, outro nome interessante mencionado como um candidato real, novamente, é JJ Redick. Embora ainda esteja no início, parece que ele vai ser um candidato bastante legítimo.

    Isso também contradiz o relato de que o Lakers prefere um candidato experiente. Ninguém deveria ser descartado com base em um único aspecto e se Redick se revelar o melhor candidato, apesar de não ser experiente, então a diretoria pode seguir este caminho.

    Fala aí!