Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    03 de Maio de 2024 postado por Renato Campos

    nba_o_lakers_quer_realmente_trocar_por_uma_terceira_estrela

    Diferente do que muitos andam dizendo, o Lakers talvez não esteja tão interessado em adicionar uma terceira estrela ao lado de LeBron James e Anthony Davis.

    Jovan Buha, do The Athletic, relatou que algumas pessoas na organização do Lakers preferem construir através da profundidade de elenco em vez de adquirir uma terceira superestrela.

    "O Lakers tem resistido nas últimas semanas e meses à ideia de seguir o caminho de montar um time com três estrelas, então veremos como isso se desenrola. Acredito que LeBron James terá a última palavra sobre isso," disse Buha no The Athletic NBA Show.

    LeBron ainda acredita que Lakers funcione com uma terceira estrela

    Ele acrescentou que LeBron há muito tempo é defensor da ideia do Lakers negociar por uma terceira estrela.

    O caminho do Lakers para adicionar uma terceira estrela não pode ser tão direto como durante o último prazo de trocas. Com D'Angelo Russell muito provavelmente optando por não renovar seu contrato para testar a agência livre, a diretoria precisaria que ele concordasse com uma "sign and trade" para fazer qualquer negociação por uma superestrela funcionar.

    Russell provavelmente seria incluído em um pacote para uma combinação de contratos de veteranos para acerto salarial, e o Lakers quase certamente teria que abrir mão de toda a sua flexibilidade de escolha no draft futura.

    Lakers pode não querer abrir mão de escolhas de Draft

    Seria compreensível se o Lakers recuasse diante da ideia. LeBron completa 40 anos em dezembro. A diretoria precisa começar a se preparar para um mundo onde ele não esteja mais no elenco. Davis completou 31 anos em março e tem um longo histórico de lesões.

    Mesmo que o Lakers queira competir por um título na próxima temporada, o time vai precisar pensar na saúde a longo prazo de sua franquia. Trocar o que resta de seus ativos por uma corrida de um ou dois anos com um LeBron com mais de 40 anos e torcer para que Davis permaneça saudável é uma estratégia arriscada.

    Tomar o caminho do meio e reformular o elenco e a comissão técnica ao redor de Davis e LeBron para a próxima temporada pode ser a melhor jogada a longo prazo, mesmo que isso torne as chances de um título em 2025 mais remotas.

    Fala aí!