Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    04 de Junho de 2024 postado por Renato Campos

    o_que_jj_redick_tem_falado_sobre_o_lakers_nos_ultimos_meses

    Nas últimas semanas, as notícias sobre a busca do Lakers por um novo treinador principal foram diversas, mas todas as evidências indicam que JJ Redick é, ao menos por enquanto, o favorito para a posição.

    Quando a diretoria demitiu Darvin Ham, poucos imaginavam que Redick seria um candidato legítimo, muito menos o favorito. No entanto, para o bem ou para o mal, parece que estamos a poucos dias ou semanas de ver um ex-jogador e comentarista de tv assumindo o comando do time na próxima temporada.

    Sem nenhuma experiência como treinador, é impossível prever sua abordagem ao jogo. Entretanto, como figura midiática, algumas de suas aparições públicas oferecem pistas sobre sua filosofia de coaching e seus pensamentos sobre o Lakers.

    Seu podcast "Mind the Game" com LeBron James é deliberadamente diferente e oferece uma quantidade considerável de insights.

    Além de seu programa com LeBron, Redick comanda o podcast "Old Man & the Three", onde ele combina filosofia com análise. Com base nos episódios, o site SB Nation fez uma análise bem interessante com algumas opiniões de Redick sobre o Lakers na última temporada. Vamos a alguns pontos...

    Redick deixou Anthony Davis fora do primeiro time All-Defense da NBA

    JJ Redick teve um voto para a seleção dos times All-Defense este ano e não apenas deixou Anthony Davis fora do Primeiro Time, onde ele acabou ficando, mas também o excluiu de qualquer seleção All-Defense.

    Embora ele não tenha abordado diretamente a ausência de Davis do All-Defense, ele discutiu a temporada de AD ao incluí-lo em seu Terceiro Time All-NBA.

    "Então, a decisão final foi entre Anthony Davis e Victor Wembanyama para a última vaga. Sei que o Lakers está no play-in, mas não posso negar que Davis teve uma temporada excelente individualmente. Os números defensivos do Lakers como equipe não são ótimos, mas o impacto de Davis na defesa, especialmente protegendo o garrafão, é inegável. Todas as métricas indicam que ele foi um dos 10 melhores defensores em sua posição. Combinando isso com 25 pontos e 12 rebotes por jogo, e um aumento nas assistências, Anthony Davis garantiu a última vaga no meu Terceiro Time All-NBA."

    Isso não explica muito a exclusão de Davis dos times All-Defense, mas talvez Redick estivesse apenas tentando motivar seu futuro pivô.

    Prévia da série entre Lakers e Nuggets

    Antes dos playoffs, Redick fez uma análise da série entre Lakers e Nuggets, destacando pontos chave para o Lakers.

    "Se eu fosse o Lakers, colocaria LeBron James em transição. Precisamos de pontos de transição. Os arremessadores, como Austin Reaves, Taurean Prince, Rui Hachimura, e claro, D'Angelo Russell, precisam acertar os arremessos. Denver é uma boa equipe de arremesso de 3 pontos, mas não em grande volume. Será que o Lakers pode vencer a batalha dos 3 pontos? E no fast break, podem vencer ali?"

    Embora isso demonstre um bom entendimento, quase todas as equipes afirmariam querer vencer nos pontos de transição e nos arremessos de longa distância.

    A vantagem do Lakers nos lances livres

    Um tema recorrente sobre o Lakers foi a vantagem do time nos lances livres, que atingiu seu ápice após um jogo contra os Raptors, quando o treinador de Toronto, Darko Rajakovic, desabafou sobre o assunto.

    Após o "ataque" de Rajakovic, Redick comentou sobre o Lakers e o lances livres.

    "Já temos uma amostra suficiente, de duas temporadas, mostrando uma disparidade nos lances livres a favor do Lakers. O time comete poucas faltas e chega muito à linha de lance livre, o que se deve à habilidade de seus dois melhores jogadores de entrarem no garrafão e à vantagem física que possuem sobre quase todos os adversários. Recentemente mencionei isso. Portanto, o que LeBron disse não está necessariamente errado. Por outro lado, também entendo a frustração de Darko, pois muitas dessas faltas envolvem contatos comuns."

    A agência livre do Lakers em 2023

    Voltando à última offseason, o Lakers manteve a base que tinha, decisão vista como acertada por quase todos na época, incluindo Redick, que avaliou bem o trabalho de Rob Pelinka e companhia.

    "Considerando os erros que o Lakers cometeu na era LeBron em termos de construção de elenco, não se trata apenas da questão da adequação com Russell Westbrook, sobre a qual já falei bastante. Sempre disse que Westbrook era o mesmo jogador que era em Washington e Houston, talvez com uma ligeira perda de atletismo. O Lakers sabia o que estava adquirindo, e foi um encaixe terrível... Mas voltando a 2020, após vencer o campeonato, em 2021, a diretoria formou uma boa equipe que não passou da primeira rodada e construiu o time ao redor de LeBron e AD com jogadores de 3-D, deixando de lado arremessadores. Repetiram isso na última offseason e fizeram as trocas necessárias.

    Agora, com a chegada de Gabe Vincent e Taurean Prince em contratos favoráveis, além do retorno de Russell e Hachimura, o Lakers têm uma boa equipe. O sucesso dependerá da saúde de Anthony Davis e LeBron, se podem jogar 70 a 72 jogos. Estamos falando de uma das melhores equipes da Conferência Oeste na próxima temporada."

    Essa visão de Redick não revela tudo sobre sua mentalidade como treinador, nem oferece um insight profundo sobre suas estratégias defensivas ou ofensivas, mas mostra um pouco de seu pensamento sobre o Lakers.

    Fala aí!