Espalhe!
  • Bate Papo 0
    E a história se repetiu. Assim como no jogo passado, o Lakers ficou atrás no marcador por quase todo o jogo contra o Warriors. Mas, ao contrário da última partida, quando o time encostou mas deixou a vitória escapar, desta vez, a equipe conseguiu segurar o ímpeto do time da casa, e no final, garantiu mais um triunfo espetacular fora de Los Angeles.

    O duelo entre Golden State Warriors e Los Angeles Lakers estava com tempero de Playoff's. Na primeira partida entre os times, muita rivalidade. Stephen Jackson garantiu a vitória para a equipe de Don Nelson com suas bombas de três no final, e deixou um gosto amargo nos jogadores e torcedores do Lakers. Veio a segunda partida e o filme parecia que ia se repetir. O jogo começou com os times próximos no marcador, mas, não demorou para o L.A repetir os erros do jogo passado. Arremessos mal trabalhados e afobação nas posses de bola fizeram com que o Warriors ficasse em vantagem no 1º quarto, 28 à 20. No 2º período, Sasha Vujacic, que jogou muito mal no jogo anterior, entrou e com personalidade já soltou um disparo certeiro de três pontos. O Golden State parecia ter resposta para tudo, e Al Harrington devolveu o presente no ataque seguinte. Após um pedido de tempo de Don Nelson, o Lakers parecia se acertar na partida. Bons passes e movimentação de bola fizeram com que a equipe se aproximasse no placar, graças à entrada de Luke Walton, que fez duas boas assistências. Mas, como de praxe, o Warriors responderia com uma bomba de três de Stephen Jackson e um jumper de Kelenna Azubuike. Diferença de 10 pontos e tempo pedido por Phil Jackson faltando 6:18 para o intervalo. A partir daí, o jogo não teve muita ênfase na defesa, principalmente por parte do Lakers, pois a equipe conseguia marcar nas jogadas ofensivas, porém, cometia as mesmas falhas de antes, deixando os jogadores do Golden State livres para arremessos de três. Até Kobe Bryant parecia estar distraído, pois no final do 2º quarto, Monta Ellis aproveitou um vacilo do astro do Lakers, roubou a bola e acertou um tridimensional na corrida, vencendo o cronômetro e dando vantagem de 63 à 52 ao Warriors indo para o intervalo.

    Na volta, o Golden State mais uma vez mostrou seu cartão de visitas, com mais uma bomba de três de Al Harrington. Lamar Odom novamente fazia uma partida espetacular, e dominava os rebotes, algo que mantinha o Lakers no jogo. Com um melhor jogo defensivo, o L.A. começou a constestar os arremessos do Golden State. No ataque as coisas começaram a fluir, Fisher que fez passe certeiro para Sasha, que estava muito bem no jogo, acertando mais um tridimensional que cortou a diferença para cinco pontos faltando 7:03, obrigando o técnico do Warriors a pedir tempo. Na volta, o L.A. encostou ainda mais no marcador com jogadas embaixo da cesta de Odom e Turiaf. Kobe, apesar de muita garra, não vinha bem no aproveitamento dos arremessos. Baron Davis então resolveu chamar o jogo pra si, e tratou de aumentar a vantagem do time da casa para sete pontos com uma cesta e uma assistência para Azubuike. Mas, como Kobe adora um desafio, ele pegou um rebote ofensivo e colocou lá dentro. Na jogada seguinte, ele infiltrou no garrafão atraindo a defesa adversária. Com marcação tripla, ele achou Fisher no canto para uma bomba de três que colocou o Lakers atrás somente por dois pontos, 80 à 78. O jogo então começou a ficar quente. Stephen Jackson fez uma cesta de três, que teve resposta imediata de Bryant. Monta Ellis cometeu turnover na jogada seguinte e Kobe conseguiu um rebote ofensivo após erro de Sasha, e assistiu Lamar Odom, que com um jumper deu a liderança ao Lakers no final do 3º quarto por 87 à 86. Chegava o ponto crucial da partida. No jogo passado, o L.A. não foi capaz sustentar uma liderança no 4º período. Desta feita, com agressividade, o time partiu para cima do Warriors. Kobe Bryant resolveu tomar conta do jogo, e, com suas infiltrações, cavou uma falta atrás da outra. Ele manteve o Lakers à frente nos primeiros minutos, porém, o Golden State ameaçou reagir com arremessos de três de Davis e Jackson. Sasha Vujacic foi importante nesta hora, ele converteu uma bomba tripla que deu maior tranquilidade à equipe, e ampliou a vantagem californiana para sete pontos faltando 7:43. A partir daí, o jogo ganhou em emoção, literalmente transformando-se numa batalha de Playoff's. Muitos tempos pedidos e algumas faltas. O Warriors levou vantagem na catimba, cortando a diferença para cinco pontos. Nervosos, os jogadores do Lakers começaram a cometer erros infantis. Passes telegrafados e indecisões nas posses de bola fizeram com que o Golden State ganhasse moral. Monta Ellis iniciou a reação com infiltrações em velocidade, e, de repente, o placar era de 110 à 109 para o L.A. com apenas 0:09s de jogo restando.
    Após Lamar converter apenas um de dois lances livres, Baron Davis converteu dois e empatou o jogo. No último ataque, Fisher não conseguiu marcar na corrida seu arremesso, o que resultou em prorrogação.

    No tempo extra, Fisher e Vujacic foram essenciais. O experiente armador do Lakers foi a válvula de escape no início, convertendo um arremesso importantíssimo de três. A vantagem ainda era do Warriors, devido à lances livres e infiltrações de Monta Ellis. Porém, em ótima movimentação de bola, Sasha Vujacic, que havia cometido um erro primário no controle de bola na jogada anterior, acertou outra bomba tripla e colocou o Lakers em vantagem por 119 à 117 faltando 0:43s. Azubuike ainda empatou, porém, Sasha fez mais uma jogada brilhante. Ele recebeu passe na mesma posição do arremesso anterior, ameaçou soltar outra rajada tripla, hesitou, driblou o marcador e achou Lamar livre embaixo da cesta. Ronny Turiaf bloqueou a chegada de Harrington e permitiu Lamar converter a bandeja livre, silenciando o ginásio. Foi um banho de água fria nos planos do Warriors, que não conseguiu mais voltar ao jogo após lances livres convertidos por Bryant. Vitória do Lakers por 123 à 119, que respira na classificação, de volta a liderança do Oeste e mais tranquilo pela derrota do Phoenix frente ao Detroit. Confira os destaques deste jogão de bola:

    LAKERS

    Kobe Bryant: 30 pts, 11 reb e 7 ass
    Lamar Odom: 23 pts, 21 reb e 5 bloq
    Sasha Vujacic: 19 pts, 3 ass e 1 reb
    Derek Fisher: 18 pts e 4 ass

    WARRIORS

    Baron Davis: 30 pts, 9 reb e 7 ass
    Stephen Jackson: 29 pts, 7 reb e 3 ass
    Al Harrington: 19 pts, 12 reb e 2 ass
    Monta Ellis: 18 pts, 9 reb e 9 ass

    GO LAKERS GO!!

    Fala aí!