Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    para_uma_boa_viagem A vitória contra o Toronto Raptors na noite de ontem foi extremamente importante, não só para readquirir a liderança isolada da Conferência Oeste, como também no sentido de dar uma maior confiança à equipe para o início de uma das piores sequências de jogos dos últimos tempo, e ainda por cima, fora de Los Angeles.

    Um fator positivo é que desta vez não foi preciso que Kobe fizesse 81 pontos para que o Lakers pudesse sair com a vitória. Ele fez "apenas" 34 pontos e com um jogo muito bem balanceado, afinal, ainda pegou 7 rebotes e distribuiu 7 assistências. Enfim, Kobe cumpriu a promessa de ser mais agressivo. Derek Fisher também fez uma ótima partida, ele acertou uma cesta de três num momento primordial do jogo, afinal, faltavam apenas 41 segundos para o fim da partida e com a cesta, o Lakers praticamente sepultou as chances do Toronto de tentar uma reação.

    Os testes mais difíceis irão vir com a sequência de jogos contra os principais times do Oeste, começando na sexta-feira contra o New Orleans, mas, voltar a vencer um jogo após um pequeno início de instabilidade foi muito importante. "Eu disse à eles, basicamente, que não iríamos vencer nenhum destes times jogando da forma com que atuamos nos últimos dois ou três jogos", disse o técnico Phil Jackson. O Raptors permaneceu vivo na partida até os segundos finais, e, novamente, a defesa do Lakers não atuou bem, permitindo mais de 100 pontos pela 5ª vez em 6 jogos. O armador T.J. Ford fez 28 pontos, o que pode ser um mal sinal já que o L.A. terá pela frente armadores talentosos como Chris Paul, Jason Kidd e Deron Williams), nos próximos jogos. "Nós temos que fazer um trabalho melhor, não só em Ford, mas pelo fato que permitimos 42 pontos no garrafão, vindo de um time que se baseia no arremesso de perímetro, ou seja, foi algo fora do normal", disse Jackson. "Mas as penetrações de Ford nos causaram problemas", revelou Phil.

    Kobe Bryant não estava tão preocupado assim, dando a entender que o Lakers não deve fazer nada diferente devido as questões levantadas sobre os problemas na defesa. "Você deixa ele ir em frente e conseguir 28 pontos", disse Kobe. "Se é isso que os armadores querem fazer, tudo bem. Deixe ele ir lá e apenas conteste o arremesso. Isso para nós não é problema, se ele não envolver os outros jogadores", revelou Bryant. Outro fato notável é que o Lakers arremessou 32 bolas de três pontos, sendo que Jackson não gostou disso e prefere que a equipe tente entre 15 ou 16 arremessos de longa distância. "Estávamos empolgados e queríamos acabar com tudo no primeiro quarto, e isso resultou em problemas na defesa depois", disse Phil sobre os arremessos de três. GO LAKERS GO!!!

    Fala aí!