Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Lucas Fuson

    08 de Fevereiro de 2019 por Lucas Fuson

    Clássico é clássico. Despertam emoções nos torcedores e nos jogadores que deixam esse tipo de disputa ainda mais emocionante. E neste jogo não foi diferente.

    O Celtics entrou em quadra como favorito. Vindo de nove vitórias nos últimos dez jogos, enquanto o Lakers parecia um time desestruturado pelas negociações frustradas. Eu, como torcedor, estava esperando mais um massacre, assim como vimos no jogo anterior contra o Indiana Pacers. LeBron era dúvida, o emocional dos jovens abalado, jogar fora de casa, enfim, tudo parecia ir contra nós.

    O time de Boston chegou a liderar por 18 pontos no primeiro tempo. No terceiro quarto o Lakers reagiu, fazendo 42 a 27 neste período, retomando a liderança no início do quarto final. No entanto o jogo não se resolveu por ai.Puxado por Kyrie Irving, o time da casa reagiu com uma sequência de 15 a 7 e retomou a vantagem. Aí então foi uma disputa até o fim, com Kentavious Caldwell-Pope e Kyle Kuzma convertendo bolas importantes. Quando Brandon Ingram foi para a bandeja na posse final, tomou toco de Al Horford, a um ponto atrás no placar, restando 5 segundos no relógio. Milagrosamente, a bola caiu nas mãos de Rajon Rondo após boa intervenção de Tyson Chandler no rebote ofensivo. Rondo só teve o tempo de jogar a bola pra cima. No estouro do cronômetro, a bola entrou, garantindo a vitória para os visitantes. Foi a primeira vez que Rondo converteu um arremesso a menos de 10 segundos do fim em sua carreira.

    "Eu treino esse tipo de arremessos toda hora. Não imaginava que a primeira vez que converteria seria no Garden" - Rajon Rondo.

    Não teria como um Lakers x Celtics terminar melhor. A cara dos torcedores celtas no final do jogo, paralisados, não acreditando no que viram, foi espetacular. Tudo isso foi extremamente positivo para o time de Los Angeles. O que se viu realmente foi uma equipe, onde todos lutaram juntos para vencer. O resultado de hoje levanta a moral para o próximo jogo, ainda fora de casa,contra o Philadelphia 76ers.

    Fala aí!