Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Ricardo Romanelli

    04 de Março de 2019 por Ricardo Romanelli

    Com a decepcionante derrota para o Phoenix Suns no último sábado, as chances do Lakers se classificar para os Playoffs estão mais difíceis do que nunca. O time agora está agora 4,5 jogos atrás do San Antonio Spurs, atual oitavo colocado do Oeste. Para tirar esta diferença em apenas 19 partidas, o time precisaria alcançar na reta final um aproveitamento de praticamente o dobro do que vem fazendo até aqui na temporada. Ou seja, missão quase impossível.

    Mesmo assim, o jogo de hoje é importante para alimentar qualquer fio de esperança que ainda reste. O Los Angeles Clippers, sétimo colocado, é adversário direto na briga por uma vaga nos Playoffs, e o resultado dos confrontos diretos entre os times é critério de desempate para classificação. Lakers e Clippers já se enfrentaram duas vezes nesta temporada, com uma vitória para cada lado. Ainda há o jogo de hoje e outra partida no dia 05 de abril para criar a vantagem necessária no confronto direto.

    O Clippers, que muita gente esperava que fosse perder força após trocar Tobias Harris na Trade Deadline, tem mostrado o que um elenco bem treinado e com jogadores comprometidos pode fazer. Sem nenhum astro, porém com um time repleto de jogadores de bom nível rotacional, a franquia faz campanha de 36 vitórias e 29 derrotas até aqui, em ritmo acelerado para garantir a participação nos Playoffs, tendo vencido os últimos dois jogos que disputou.

    O jogo também marca a primeira vez que o pivô Ivica Zubac enfrenta seu ex-time. Desde que chegou ao Clippers, Zu registra médias de 8,6 pontos e 7,7 rebotes em 9 jogos como titular da equipe treinada por Doc Rivers. Mike Muscala, a peça que o Lakers recebeu na troca, atuou em apenas 5 jogos desde então, decido a lesão, registrando 3,2 pontos e 0,8 rebotes com a camisa roxa e dourada.

    Com problemas para encontrar jogadores que rendam no nível desejado, o técnico Luke Walton deve manter a formação small ball vista nas últimas partidas, com diversos jogadores titulares jogando muitos minutos. Chama atenção, entretanto, o fato de Reggie Bullock não estar atuando mais de 30 minutos por jogo como seus companheiros. A característica de arremessos de longa distância do atleta é um importante escape para o time, e ele deveria estar recebendo mais minutos.

    Pré-Jogo

    Arena: Staples Center

    Horário: 00h30

    Transmissão: NBA League Pass

    Lesões

    Lakers: Lonzo Ball (tornozelo – fora), Lance Stephenson (dedão – dúvida)

    Clippers: Wilson Chandler (coxa – dúvida), Luc Mbah a Moute (joelho – dúvida)

    Quintetos

    Lakers: Kuzma, James, Ingram, Bullock, Rondo

    Clippers: Zubac, Gallinari, Shamet, Gilgeous-Alexander, Beverley

    Fala aí!