Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Guilherme Borges

    16 de Dezembro de 2019 por Guilherme Borges

    Na noite de ontem o Los Angeles Lakers continuou sua série de jogos na estrada, visitando o Atlanta Hawks, e manteve uma sequência perfeita longe de Los Angeles: agora são 14 vitórias como visitante.

    Apesar do Hawks ser o pior time da conferência Leste (empatado com o New York Knicks), o jogo não foi nada fácil. Como aconteceu na partida contra o Miami Heat, o Lakers não teve um bom dia arremessando a bola de longa distância, foram apenas 5 acertos em 31 tentativas, totalizando 16,2% de acerto. Muito pouco para um time que ocupa a posição de sexto melhor elenco arremessador da liga.

    Apesar disso - e como já virou costume - a performance denfesiva foi o que manteve o time Angelino na partida. A postura relaxada do elenco diante de um adversário mais fraco foi o que deixou o jogo interessante. Trae Young fez uma partida excelente, mas a dupla LeBron James e Anthony Davis foi demais para o Hawks. Aliás, se o Lakers estava sonolento, James foi o responsável por liderar o time. Além dos números impressionantes (32 pts, 13 rebotes, 7 assistências e 3 tocos, com um aproveitamento de 57,1% dos arremessos de quadra), a postura do astro foi o que mais surpreendeu, se recuperando da partida "ruim" que havia feito contra o Miami Heat.

    Liderando o jogo todo, o Lakers jamais foi, de verdade, ameaçado, a não ser no final do jogo. Faltando um pouco menos de um minuto, e com apenas 3 pontos de vantagem para o Lakers, o calouro De'Andre Hunter teve a oportunidade de levar o jogo para o tempo extra com um arremesso livre de três no final. Nada feito. Rebote de Danny Green. 2 lances livres convertidos. Final de partida. Vitória do Lakers, 101 x 96.

    lakerssss

    https://i.ibb.co/Bn0n8cH/hawkz.jpg

    Fala aí!