Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    10 de Maio de 2022 postado por Renato Campos

    nba_jeanie_buss_fala_sobre_hipotese_de_venda_do_lakers

    Embora o Lakers tenha ganho um campeonato recentemente, uma franquia deste tamanho não vive um dia de paz se as coisas não tiverem bem. De fora do play-in e distante dos playoffs deste ano, o Lakers teve uma de suas piores temporadas em sua história recente.

    E apesar de todas as franquias enfrentarem altos e baixos em seu caminho, a pressão no Lakers é bem diferente. Essa semana, em entrevista para o jornalista Bill Plaschke do Los Angeles Times, Jeanie Buss falou sobre a hipótese de vender o time.

    "Em termos de vender a equipe, não faço isso de jeito algum. Isso é exatamente o que meu pai me pediu para fazer. A equipe não está à venda."

    Ela citou seu pai, Jerry Buss, várias vezes ao explicar sua posição.

    "Isso era algo importante para ele, que ele queria que eu mantivesse o Lakers na família. Gosto de dizer que meu pai teve seus filhos, mas o Lakers era seu bebê, e ele me colocou no comando do bebê, e eu vou garantir que o bebê prospere”.

    Jerry Buss morreu em 2013, e seu plano de sucessão exigia que Jeanie se tornasse dona e representante da equipe nas reuniões do conselho da NBA. Ela também foi encarregada das operações comerciais da franquia.

    Jerry Buss comprou o Lakers em 1979.

    Em 2017, Jeanie Buss demitiu seu irmão, Jim, de seu cargo de vice-presidente executivo de operações de basquete e também o gerente geral Mitch Kupchak. Ela contratou Rob Pelinka como substituto.

    Enquanto ela disse que está "ficando impaciente" depois de gastar com imposto de luxo apenas para assistir o time terminar com uma campanha de 33-49, ela também expressou confiança de que Pelinka pode mudar as coisas nesta offseason.

    "Tenho total confiança de que ele pode montar um elenco e encontrar um treinador que nos leve de volta ao nosso lugar."

    Isso provavelmente começará com a contratação de um novo treinador depois que o Lakers demitiu Frank Vogel. Vogel liderou a equipe para o campeonato de 2020 na Bolha Disney, mas o Lakers perdeu para o Phoenix Suns na primeira rodada dos playoffs do ano seguinte e foi a maior decepção da liga na temporada passada.

    Reconstruir a equipe também pode significar deixar Russell Westbrook, que não foi o ajuste ideal ao lado de LeBron James.

    Manter LeBron e Davis saudáveis também ajudaria muito o Lakers a retornar à disputa, mas ainda há muito trabalho a ser feito nesta offseason.

    Fala aí!