Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Como seria o banco de reservas mais famoso da NBA atualmente sem Sasha Vujacic e Ronny Turiaf? Inimaginável? Bom, nem tanto assim. Neste verão, há a possibilidade dos dois não retornarem ao time, dependendo das negociações contratuais. Porém, este não parece ser o desejo de ambos, que esperam estar de volta para a temporada 2008'2009.

    A permanência ou não de Vujacic e Turiaf é uma questão que terá que ser respondida pela diretoria do Lakers nesta pós-temporada, quando os dois energéticos reservas tornam-se agentes restritos em 1º de julho. O L.A. pode igualar qualquer proposta que seja feita à Sasha ou Ronny, apesar que ambos já declararam que tem intenção de permanecer, mas, como todos sabem, uma ótima oferta pode mudar as coisas num piscar de olhos. "Sei que vou estar com um time ano que vem que precisa de mim", disse Sasha Vujacic, que teve seu melhor ano na NBA desde sua chegada à Liga. "Qual time será, eu não sei agora", disse ele. Logo depois, ele tratou de adiantar que está feliz no Lakers. "Nós somos um grande time, com uma ótima química. Quem não gostaria de manter isso?", revelou "A Máquina".

    Sasha faturou U$1.8m este ano, enquanto que Turiaf ganhou U$770,610. Este verão promete não ser muito agitado em relação à grandes propostas, sendo assim, é improvável que algum deles recebe uma oferta alta. Com suas boas apresentações, a dupla pode até não conseguir um ótimo contrato, mas deve receber um bom aumento, algo que somente o Lakers pode decidir até quanto. "Se eles me quiserem aqui, eu mais do que ninguém estarei feliz de continuar esta jornada que comecei há três anos atrás com todos meus companheiros", disse Turiaf. "Eu construi amizades aqui que são realmente fortes e seria muito difícil para mim dizer adeus à tudo isso. Mas quando chega a hora da verdade, é uma decisão de negócios para ambas as partes. Eles tem que se preocupar com questões de folha salarial e eu tenho que encontrar a melhor situação para mim em relação à tempo de jogo, sem contar o lado financeiro", revelou Ronny.

    Outros reservas que estão em situação parecida são Trevor Ariza e Chris Mihm. No caso dos dois, eles tem o direito de exercer a opção por mais um ano de contrato com o Lakers, e ambos já demonstraram interesse, principalmente Ariza. "É quase que como um sonho jogar aqui", disse o ex-astro da UCLA. "Eu realmente não quero acordar. Quero apenas permanecer no meu sonho, ficar dormindo e viver isso pro resto da vida", declarou ele em tom de poesia. E parece que o L.A. também pensa da mesma forma segundo Trevor. "Eles me disseram que este é um ótimo lugar para mim, que eu me adaptei muito bem e que posso permanecer por um bom tempo", disse o talentoso ala, após conversa com Mitch Kupchak e Phil Jackson. Já Chris Mihm, que disputou apenas 23 partidas esta temporada disse que agora se sente melhor fisicamente do que nos últimos dois anos, e já pensa no futuro para entrar forte nos treinamentos. "Nas últimas três ou quatro semanas, eu realmente comecei a encontrar minha antiga explosão", disse ele. "Eu finalmente fui capaz de treinar minhas pernas na sala de musculação para ganhar força que perdi nos últimos tempos", revelou o pivô reserva.

    O que será do banco do Lakers ano que vem? Dê a sua opinião! Quem deve sair, quem deve ficar, quem deve vir, comentem!!! GO LAKERS GO!!!

    ORGULHO DE SER LAKERS - Confira um excelente vídeo sobre o LAKERS na temporada 2007-2008




    Fala aí!