Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Ricardo Romanelli

    06 de Novembro de 2018 por Ricardo Romanelli

    Os últimos dias foram turbulentos para o técnico Luke Walton. Tudo começou quando o time voltou de dois jogos seguidos na estrada, contra San Antonio Spurs e Minnesota Timberwolves, no final de outubro. Jogando sem padrão definido e cometendo erros repetidos no final das partidas, o presidente de operações de basquete da franquia, Magic Johnson, resolveu ter uma conversa mais dura com o treinador. Walton foi cobrado por Magic antes do jogo contra o Dallas Mavericks, ocasião em que o time voltou a Los Angeles e também voltou a vencer, no último dia 31.

    Na sequência, com a notícia da conversa, começaram a surgir especulações sobre uma possível demissão do treinador e até mesmo nomes para substituí-lo foram especulados. Mark Jackson, ex-técnico do Golden State Warriors e agenciado pela Klutch Sports, de Rich Paul e com ligação umbilical com LeBron James foi o nome mais comentado.

    Mas desde então, o time venceu duas de suas três partidas, e mesmo com uma péssima atuação na última, contra o Toronto Raptors, Magic Johnson garante que a coisa toda saiu de controle e que na verdade Luke Walton não tem qualquer motivo para se preocupar:

    "Nós não vamos demiti-lo. O encontro com ele semana passada não tinha nada a ver com isso. Apenas precisamos ser melhores, é só isso." - Magic Johnson.

    Também foi noticiado que, a não ser que "algo drástico" ocorresse, Walton pelo menos terminaria a temporada no comando do time. Perguntado sobre o que seria "algo drástico", Magic riu e desconversou:

    "Não entrarei neste assunto (risos). Ele é nosso técnico, tem nosso apoio e é isso." - Magic Johnson.

    A pressão por resultados continua, já que o Lakers vem oscilando mais do que o esperado, mesmo levando em conta que algumas turbulências no começo da temporada já eram esperadas. Apesar disso, Luke Walton continua com a confiança da diretoria e tranquilidade para trabalhar.

    Fala aí!