Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Ricardo Romanelli

    02 de Novembro de 2019 por Ricardo Romanelli

    O Lakers foi até Dallas para enfrentar o Mavericks, de onde saiu vitorioso. O caminho para a vitória, entretanto, não foi fácil. A equipe da casa começou num ritmo muito mais forte, e chegou a abrir liderança de 13 pontos ainda no primeiro período, com excelentes performances da dupla Kristaps Porzingis e Luka Doncic.

    Com isso, a equipe anfitriã foi para o intervalo vencendo por 10 pontos, pelo placar de 58 x 48. Daí em diante, o Lakers começou a reagir com LeBron James, que já registrava dígitos duplos em pontos e assistências, mas o Mavs continuava com vantagem. Ao final do terceiro período, Porzingis tinha esfriado, mas Doncic já registrava o sexto triplo-duplo de sua jovem carreira na NBA, e com isso mantinha o Mavs com a dianteira de 9 pontos. Anthony Davis fazia jogo discreto para seus padrões, mas estava contribuindo bem na defesa, enquanto que o banco estava abaixo da média esperada.

    LeBron seguiu muito bem no jogo e o Lakers conseguiu empatar a partida pouco após a metade do período, com uma sequência de 10 x 2. Doncic seguia muito bem no confronto e levou o jogo até o final em duelo com LeBron.

    As equipes foram trocando cestas nos minutos finais, e o Rei também chegou a seu próprio triplo-duplo com 1 minuto por jogar. Anthony Davis, que fez jogo inconstante, anotou pontos importantes nesta etapa. Após grande jogada de Doncic que colocou o Mavs na vantagem, o Lakers teve a última bola com apenas 6 segundos no cronômetro. LeBron fez sua própria grande jogada e achou Danny Green para um tiro de três certeiro na zona morta que empatou a partida e decretou prorrogação.

    No período suplementar, LeBron continuou dominando a partida e Davis fez boas participações na defesa e no ataque, recuperando seus níveis estatísticos normais após fazer partida mediana nos três primeiros períodos. O Lakers rapidamente abriu sete pontos de vantagem, e conseguiu consolidar a liderança até um minuto final tranquilo, onde o time esteve quase o tempo todo com liderança próxima a duplos dígitos. No final, vitória angelina por 119 x 100.



    Fala aí!