Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    03 de Novembro de 2020 por Renato Campos

    Donald Trump voltou a atacar LeBron James, assim como a NBA. Durante um comício na Pensilvânia nessa segunda-feira, Trump falou sobre a baixa audiência obtida pela liga e vinculou o fato ao ativismo social (Black Lives Matter) protagonizado pelos jogadores e liderado por LeBron em seus perfis oficiais em todas as mídias.

    - E o basquete? E o LeBron? Eu me senti mal pelo LeBron. Eu me senti muito mal. Queda de 71% (na audiência) e isso com ele vencendo o campeonato. Eu não quis assistir nenhum arremesso. Quando eles não respeitam nosso país, quando eles não respeitam nossa bandeira, ninguém quer assistir. Ninguém! - discursou o presidente americano candidato a reeleição pelo partido republicano.

    Kevin Durant comenta em post sobre rumor de troca por Chris Paul com o Lakers

    Trump não foi específico quanto ao número de 71% de queda na audiência. Não deixou claro se o número foi referente a todas as partidas disputadas na bolha da Disney, apenas nos playoffs ou apenas nas finais. Cada jogo das finais entre Lakers e Heat foi visto, em média, por sete milhões e meio de pessoas, nos Estados Unidos, o que representa um decréscimo de 51% em relação ao ano passado.

    NBA anuncia abertura da quarta maior NBA Store do mundo em São Paulo em 2021

    Trump se preparava para mudar de assunto, estava prestes a abordar a NFL, quando o público começou a fazer um coro de ofensa a LeBron: "LeBron é uma m@#$%, LeBron é uma m@#$%". Trump então se empolgou com a reação do público.

    - Que público! Que público! - comemorou.

    LeBron e o Lakers pensaram em abandonar a bolha da NBA

    Trump vem colecionando atritos com a NBA e principalmente com LeBron nos últimos anos. Em 2018, o presidente americano questionou a inteligência de LeBron em uma entrevista com Don Lemon, da rede CNN.

    O presidente também foi um crítico das iniciativas da liga destinadas a promover o movimento Black Lives Matter, que chamou de “uma organização marxista”. No início de outubro, Trump se referiu a LeBron como "desagradável porta-voz do Partido Democrata".

    Damian Lillard e Snoop Dogg homenageiam Kobe Bryant em música para NBA 2K21

    Na última sexta-feira, LeBron James convidou o ex-presidente Barack Obama para uma conversa em seu programa, o "The Shop", onde os dois manifestaram forte apoio a Joe Biden, candidato à presidência pelo partido democrata.

    Fala aí!